Blog do Eliomar

Últimos posts

Ministério Público vai promover audiência pública sobre liberação de bebida em estádios

204 1

Nesta terça-feira, às 8h30min, o Ministério Público do Ceará vai promover uma audiência pública para debater a liberação da venda e consumo de bebidas alcoólicas no interior dos estádios de futebol e as suas consequências. O encontro ocorrerá no auditório da Procuradoria Geral de Justiça (PGJ).

O coordenador do Núcleo de Desporto e Defesa do Torcedor (NUDTOR), promotor de justiça Francisco Xavier Barbosa Filho, defende o cumprimento do Estatuto de Defesa do Torcedor (Lei federal nº 10.671/2003) que proíbe o torcedor de ingressar nos estádios portando bebidas ou substâncias suscetíveis de gerar ou possibilitar a prática de atos de violência, sendo portanto uma imposição da lei.

O deputado estadual Gony Arruda (PSD) apresentou um projeto de lei para liberar a venda e consumo de bebida alcoólica no interior dos estádios de futebol no Ceará. Segundo o promotor de Justiça, a iniciativa é inadequada. O membro do MPCE lembra, ainda, que existe uma lei municipal (nº 9.477 /2009) que proíbe, em dias de jogos, o consumo e a comercialização de bebida alcoólica num raio de cem metros dos estádios.

SERVIÇO

*Procuradoria Geral de Justiça – Rua Assunção, 1100 – José Bonifácio.

Temer planeja abrir escritório do banco do Brics no Brasil

O presidente Michel Temer disse hoje (4) que o Brasil está trabalhando para a abertura no país de um escritório do Novo Banco de Desenvolvimento, o chamado Banco do Brics. Ele deu a declaração durante a abertura da 9ª cúpula dos chefes de Estado e de Governo do Brics, bloco formado pelo Brasil, a Rússia, Índia, China e África do Sul, na cidade chinesa de Xiamen.

“Ainda há algum tempo, falando com empresários brasileiros, comunicamos que estamos cuidado da instalação do escritório do Novo Banco do Desenvolvimento no nosso país, no Brasil”, afirmou.

O chanceler brasileiro, Aloysio Nunes, disse que este é um assunto que tem que ser tratado diretamente com o Banco do Brics, mas que está “muito adiantada” a negociação para a abertura de uma representação da instituição multilateral em São Paulo ou no Rio de Janeiro. “Isso vai ser concretizado no curto prazo”, disse Nunes.

Em meados de agosto, o banco, com sede em Xangai, abriu um centro regional em Joanesburgo, na África do Sul.

Na semana passada, o vice-presidente para Risco, Estratégia, Parcerias e Pesquisas do Novo Banco de Desenvolvimento, Paulo Nogueira Batista Júnior, informou que a instituição aprovou, no último dia 30, quatro novos projetos (dois na China, um na Índia e outro na Rússia), o que eleva para 11 o número de empréstimos concedidos desde que o banco entrou em operação em 2015. O valor total dos financiamentos é de US$ 3 bilhões.

O banco financia projetos de infraestrutura e de desenvolvimento sustentável nos países do Brics, mas as operações podem ser estendidas a nações em desenvolvimento que desejem fazer empréstimos com a instituição.

Facilitação do comércio

Em seu discurso, Temer defendeu a facilitação do comércio entre os países do Brics. “Precisamos simplificar procedimentos de exportação e importação. Precisamos, talvez, dar mais agilidade aos trâmites governamentais. Esse é o propósito dos acordos que assinaremos esta tarde. Conferir maior vitalidade a nossas trocas comerciais é propósito permanente de nosso agrupamento”, disse.

À tarde, Temer encontra-se com o primeiro-ministro indiano Narenda Modi, paralelamente à cúpula. No final do dia, os líderes do bloco ainda têm reunião com o Conselho Empresarial do Brics e participam da cerimônia de assinatura de atos e de jantar oferecido pelo anfitrião, o presidente chinês Xi Jinping.

*A repórter viajou a convite do Centro de Imprensa China-América Latina e Caribe

(Agência Brasil)

José Guimarães – Reforma eleitoral pode sobrar para o TSE

138 1

O líder da minoria na Câmara dos Deputados, José Nobre Guimarães (PT), embarcou, nesta madrugada de segunda-feira na rota de Brasília. Ali, haverá reuniões em busca de um consenso pró-votação da reforma eleitoral.

Guimarães diz que a ordem é buscar entendimento, mas, na sua avaliação, toda a busca de acordo pode também não dar em nada e o Tribunal Superior Eleitoral acabar baixando as regras do pleito de 2018.

Galvão Engenharia fecha acordo de delação

357 1

Os diretores da Galvão Engenharia fecharam seus acordos de delação. A informação é do colunista Lauro Jardim, do O Globo.

Os depoimentos começam nos próximos dias. A cúpula da empresa foi condenada por Sérgio Moro em 2015 a treze anos de prisão.

O Grupo fez obras no Ceará como a Arena Castelão, num consórcio que formou com a Serveng Civilsan e a BWA Tecnologia de Informação.

Ministro abrirá em Fortaleza o Congresso Fala Norte e Nordeste de Radiodifusão

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, vai abrir, às 18h30min desta segunda-feira, no auditório do Hotel Praia Centro, o Congresso Fala Norte e Nordeste de Radiodifusão. Com ele, estará o governador Camilo Santana (PT).

Na ocasião, Kassab assinará contratos de migração de 66 emissoras de rádio AM para FM no Ceará. Esse processo terá o apoio financeiro do Banco do Nordeste.

O Fala Norte e Nordeste é considerado um dos maiores congressos de radiodifusão do País e, nesta edição, contará com palestras, painéis, debates, workshops e feira de negócios, além da Jornada e Prêmio Aboio de Comunicação.

O tema central será “Inteligência Criativa Para a Geração de Negócios da Comunicação”, informa a presidente da Associação Cearense das Emissoras de Radiodifusão, Carmen Lúcia.

DETALHE – Antes desse evento, às 17h30min, Kassab vai se reunir com o presidente em exercício do Banco do Nordeste, Romildo Carneiro Rolim, e diretoria. Nesse encontro, estarão ainda presentes o presidente nacional da Finep, Marcos Cintra, e Patrícia Aguiar, gerente da Finep para o Nordeste.  Parcerias de projetos para a ciência e inovação para a Região.

SERVIÇO

*Confira a programação aqui.

(Foto – Agência Estado)

Até aliados dizem que Doria passou do ponto e a ordem é apaziguar relação com Alckmin

Da Coluna Painel, da Folha de S. Paulo desta segunda-feira:

Até aliados do prefeito João Doria acharam que ele exagerou na dose ao afirmar que “o povo” vai decidir quem será o candidato tucano. A ordem agora é recolher armas e tentar apaziguar a relação com o governador Geraldo Alckmin.

A deputada estadual Célia Leão (PSDB), por exemplo, quis sair em defesa de Doria, já chamado de traidor pelo PT, mas estendeu a mão a Alckmin também. “Todos sabem que Doria e Geraldo administram a coisa pública com eficiência e decência”, disse.

Aliados do governador paulista continuam a monitorar a popularidade de João Doria. Na semana passada, uma análise das interações na página do prefeito no Facebbok mostrou que 70% das reações negativas vinham da periferia de SP.

Alckmin avisou ao secretariado que descarta qualquer mudança na Casa Civil. Disse que Samuel Moreira, titular da pasta, tem seu apoio. Ele classificou a pregação por mudanças na equipe como “golpe baixo”.

*Leia a íntegra aqui.

Camilo está bem avaliado pela população, dizem pesquisas internas do Palácio da Abolição

211 2

Da Coluna Vertical, do O POVO desta segunda-feira:

Enquanto o Governo Temer encara os mais baixos índices de popularidade da história, Camilo Santana (PT) tem motivos de sobra para comemorar. Recente pesquisa realizada pelo Abolição mediu o índice de satisfação dos cearenses com o governo estadual e os seus serviços.

A pesquisa apontou crescimento na avaliação positiva do Governo Camilo. Os nós continuam sendo a segurança pública e a saúde.

Mas, mesmo nessas áreas, a avaliação melhorou. Há um sentimento de que, mesmo o serviço não sendo o ideal, o governo tem trabalhado para resolver problemas. Os destaques positivos foram para a educação e o investimento em estradas.

A avaliação pessoal de Camilo também cresceu. O fato do governo estar com as contas equilibradas e pagando em dia, em meio à crise nacional, contribuiu para o resultado.

Perguntado sobre a pesquisa, Camilo desconversa: “Vamos trabalhar, vamos trabalhar!”

EUA prometem resposta “esmagadora” se Coreia do Norte insistir com ameaças

86 1

O chefe do Pentágono, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos, James Mattis, prometeu nesse domingo (3) que haverá uma “grande resposta militar” por parte de seu país para “qualquer ameaça” da Coreia do Norte aos territórios do país, entre eles Guam, e seus aliados.

“Qualquer ameaça aos Estados Unidos, seus territórios, entre eles Guam, e os nossos aliados receberá uma grande resposta militar”, advertiu Mattis, que fez um breve pronunciamento à imprensa na Casa Branca após participar de uma reunião com o presidente Donald Trump para avaliar o último teste nuclear norte-coreano.

Além disso, Mattis detalhou que essa resposta militar será “eficaz” e “esmagadora”. Ele esclareceu que o governo Trump não busca a “aniquilação” da Coreia do Norte, mas tem “muitas opções” para poder fazê-lo.

O secretário de Defesa dos EUA enfatizou que todos os integrantes do Conselho de Segurança da ONU, que se reunirá nesta segunda-feira (4) para avaliar o novo teste nuclear norte-coreano, estão unidos “de maneira unânime” diante da crescente “ameaça” que representa Pyongyang, e comprometidos com a desnuclearização da Península Coreana.

As declarações de Mattis aconteceram depois que Trump alertou que está avaliando suspender o comércio com qualquer país que faça negócios com a Coreia do Norte e insinuou que não descarta um ataque ao país asiático após o novo teste do regime de Kim Jong-un, no qual detonou sua bomba atômica mais potente até agora.

(Agência Brasil)

Julgamento de acusado de matar professora movimentará Sobral nesta segunda-feira

Acontece, a partir das 8h30min desta segunda-feira, no Fórum Dr. José Saboya de Albuquerque, em Sobral (Zona Norte), o julgamento de Francisco Aécio do Nascimento. Ele é acusado de ter assassinado a ex-esposa, a professora Ana Soraia Galdino (35), a facadas, em 2011, informa o Blog Sobral de Prima.

Soraia, que dava aulas há mais de 10 anos em uma escola municipal de ensino infantil localizada a poucos metros da casa onde morava, foi morta no dia 31 de outubro de 2011, dentro de casa, no bairro Sinhá Saboya.

Amigos, familiares, estudantes e operadores do Direito, além de cidadãos de Sobral e Santana do Acaraú, essa segunda cidade natal de Aécio e Soraia, devem chegar já nas primeiras horas ao Fórum Dr. José Saboya de Albuquerque, para acompanhar o julgamento.

Fortaleza volta a perder na Série C, mas decide classificação em casa

Em uma partida em que o Fortaleza somente viu o adversário jogar, a equipe cearense chegou ao quinto jogo sem vitória, na noite desse domingo (3), no estádio Lourival Baptista, em Aracaju, ao perder para o Confiança, por 2 a 0, na penúltima rodada da fase de classificação da Série C do Campeonato Brasileiro.

Apesar do seu pior momento na competição, o Fortaleza decide a vaga em casa, ao receber no próximo sábado (9), no Castelão, o Moto Club. O empate poderá classificar o Leão, desde que o Confiança não consiga uma goleada histórica sobre o ASA, em Arapiraca, além de uma nova goleada na partida entre Salgueiro x Remo.

Na noite desta segunda-feira (4), no complemento da rodada, o CSA recebe o Salgueiro, no estádio Rei Pelé. Uma vitória do Salgueiro tira o Fortaleza da terceira colocação do Grupo A.

Castanhão chega a menor volume de sua história

Maior açude público de usos múltiplos do Brasil, o Castanhão, no Ceará, se encontra no volume mais baixo de toda a sua história. Atualmente, o reservatório mantém 4,46% de toda a sua capacidade de 6,7 bilhões de metros cúbicos. Uma marca semelhante a essa só havia sido atingida em 2004, quando era recém-inaugurado e estava pegando os primeiros aportes de água.

Pelos cálculos da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do Estado (Cogerh), essa quantidade de água deve ser suficiente para manter os usos do açude, que já estão reduzidos, até por volta de janeiro de 2018. Após essa data a situação será reavaliada considerando os prognósticos do período chuvoso do Ceará, que começa em fevereiro e se estende até maio. O volume total disponível atualmente é de 298,5 milhões de metros cúbicos. Desses, 75 milhões de metros cúbicos correspondem ao chamado volume morto.

O gigante cearense é um dos principais responsáveis pelo abastecimento da Região Metropolitana de Fortaleza, onde vive quase metade da população do estado. No entanto, hoje ele responde somente por 10% da água que chega às casas da capital. Cerca de 7 metros cúbicos por segundo viajam por 250 quilômetros, via Eixão das Águas, para complementar os outros 90%, que são oriundos de reservatórios localizados na própria região. Ano passado, a lógica era contrária: o Castanhão contribuía com 70% da água consumida na Grande Fortaleza.

“O Castanhão é o mais emblemático dos açudes do Ceará. Ele é o maior e teve aportes muito pequenos. Há seis anos que ele não recebe quantidade suficiente de água”, relata o diretor de planejamento da Cogerh, Ubirajara Patrício. Neste ano, quando o estado registrou precipitações dentro da média histórica, o reservatório captou 121 milhões de metros cúbicos, mas em 2016 o aporte foi de apenas 75 milhões de metros cúbicos.

A queda do volume do Castanhão vem desde 2012, quando começou o longo ciclo de seca no Ceará que permanece até hoje. Mesmo ficando dentro da média histórica, as precipitações da chamada quadra chuvosa (entre fevereiro e maio) ocorreram de forma irregular e localizada. Com isso, os maiores açudes do estado, Orós e Banabuiú, a exemplo do Castanhão, não conseguiram se recuperar das perdas acumuladas.

Poucas chuvas e evaporação são dois dos fatores climáticos mais sensíveis nos açudes do semiárido cearense. Por outro lado, os usos da água também afetam essa equação. “Em tese, o consumo de água é crescente. Há mais produção, mais áreas irrigadas, as cidades crescem. Buscamos alternativas para fazer o balanço entre oferta e demanda”, explica Patrício.

Os perímetros irrigados públicos de Jaguaribe-Apodi e de Tabuleiro de Russas, que usam as águas do Castanhão para suas atividades, estão com restrição de pelo menos 70% de água, segundo a Cogerh. Além disso, ainda conforme o órgão, não há nenhuma permissão para irrigação usando a água do açude no percurso do Eixão das Águas. Os criadouros de tilápia também foram drasticamente reduzidos. Com pouca água, há pouco oxigênio, o que inviabiliza a criação.

Com essas restrições, as águas do Castanhão atualmente abastecem oito cidades ao longo de um trecho de 100 quilômetros do rio Jaguaribe, que foi perenizado pela obra do açude, além dos municípios que ficam ao longo do Eixão das Águas e do antigo Canal do Trabalhador.

(Agência Brasil)

Começa a época mais quente do ano e calor pode chegar a 38º

Nascer do sol em Fortaleza, nesta segunda-feira.

Nos últimos quatro meses do ano, características bem típicas do semiárido se intensificam: altas temperaturas, muito vento, poucas chuvas. O tradicional B-R-O Bró — expressão referente à última sílaba dos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro — começou na sexta-feira, 1º, e só termina quando 2018 chegar. Em Fortaleza, a temperatura deve chegar a uma média de 33ºC, enquanto o Interior poderá registrar até 38ºC.

Os ventos, que têm média de 14 km/h no período, amenizam o calor no litoral, mas o Interior padecerá de uma quentura ainda maior que a normal.

“Esses índices de temperatura não apresentam grande variação ao longo do ano. Mas, no período de chuvas, a cobertura de nuvens ameniza o calor. Até agosto, encontramos temperatura um pouco mais baixa, em torno de 30ºC”, explica Raul Fritz, meteorologista da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos.

Se o Ceará tivesse estações do ano definidas, este mês marcaria o início da primavera, como ocorre mais ao sul. Como o Estado está perto da Linha do Equador, a inclinação do eixo de rotação da terra faz com que a incidência solar seja direta quase que durante todo o ano. “No Sul, por exemplo, o sol incide diretamente durante o verão e, no inverno, atinge de forma mais inclinada, por isso é frio. Aqui isso não acontece”, explica Fritz.

Primavera

A época em que seria de primavera, estação onde há o florescer das plantas, no Ceará ainda demora três meses para chegar. “O que existe é uma pequena fase, que seriam as chuvas do caju. Dá a floração do cajueiro e frutifica o caju”, afirma o professor do Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal do Ceará (UFC), Roberto Takane.

Segundo ele, os ventos, que ajudam a amenizar o calor no B-R-O Bró, são prejudiciais às plantas. Além da escassez de água.

O professor explica que o vento tira a umidade das folhas, provocando o fechamento dos chamados estômatos — pequenos orifícios presentes nas folhas. “Esses estômatos fecham e todo o sistema da planta paralisa. Ela não vai crescer, não vai florescer e não vai frutificar. Muitas derrubam as flores que têm como um mecanismo de defesa”, detalha.

Já o aumento de temperatura é algo a que a vegetação nativa está adaptada. Assim, acaba resistindo mais à temperatura que aos ventos.

Na Caatinga, mesmo as plantas mais resistentes, só deverão florescer entre dezembro e janeiro. “Quando a temperatura é muito alta, como num deserto ou na Caatinga, as flores vão florescer, mas por um pequeno prazo de tempo”, conta.

As flores do mandacaru e do xique-xique, por exemplo, só abrem durante a madrugada, passam algumas horas e fecham.

(O POVO – Repórter Sara Oliveira/Foto – Paulo MOska)

Pesquisa mostra que robôs aumentam polarização dos debates nas redes sociais

121 1

Uma pesquisa da Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getulio Vargas (DAPP/FGV) mostra que robôs – perfis automatizados nas mídias sociais – estão influenciando os debates políticos na web e aumentando a polarização das discussões. O estudo denominado Robôs, Redes Sociais e Política no Brasil, publicado no final de agosto, aponta ainda que o processo de disputa política nos próximos anos pode estar ameaçado.

Os robôs, ou bots, são perfis falsos presentes em mídias sociais como o Facebook e o Twitter que são capazes de distribuir, em escala industrial, mensagens pré-programadas. Na disputa política, esse tipo de instrumento pode ser contratado em empresas especializadas para que um candidato, ou uma proposta, receba milhares de mensagens de apoio, inflando artificialmente sua aceitação popular, e influenciando assim a percepção das pessoas.

“Elemento flagrante é o ‘inchamento’ de movimentos políticos que são, na realidade, de dimensão bastante inferior. Somados, esses riscos e outros representados pelos robôs, são mais do que o suficiente para jogar luz sobre uma ameaça real à qualidade do debate público no Brasil e, consequentemente, do processo político e social definidor dos próximos anos”, destaca a pesquisa.

O estudo aponta que perfis comandados por robôs chegaram a ser responsáveis por mais de 10% das interações no Twitter nas eleições presidenciais de 2014. Durante protestos pelo impeachment da então presidenta da República Dilma Rousseff, as ações dessas contas falsas foram responsáveis por 20% das interações dos apoiadores dela, que usavam significativamente esse tipo de mecanismo. Um outro exemplo analisado mostra que quase 20% das interações no debate entre os usuários favoráveis a Aécio Neves no segundo turno das eleições de 2014 foram motivadas por robôs.

No entanto, segundo a pesquisa, não é possível afirmar que os grupos políticos ou candidatos beneficiados pelas mensagens sejam, de fato, seus mentores. “Ao identificarmos robôs operando para um campo, porém não queremos dizer que os atores políticos e públicos ali situados sejam responsáveis diretos pelos robôs a seu favor. Diversos grupos de interesse podem estar fazendo uso desse tipo de recurso de disseminação de informações”.

Para o pesquisador da DAPP/FGV Amaro Grassi, ainda não é possível afirmar que a ação dos perfis falsos seria decisiva em uma eleição. No entanto, o uso desse tipo de ferramenta pode aumentar artificialmente a impressão de que determinada candidatura ou programa político possui mais apoio popular do que realmente tem.

“Qual que é o objetivo desse tipo de ação? É inflar um determinado posicionamento por interesses que podem ser os mais diversos. Pode ser um interesse por um assunto específico, pode ser o interesse por um um partido ou por uma narrativa”, explica.

(Agência Brasil)

Segurança/limpeza/iluminação – Conselho da Praia de Iracema inicia plano de ocupação do espaço turístico

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal do Turismo (Setfor), deu início na última semana à elaboração do plano de ação para uma melhor ocupação da Praia de Iracema. O plano foi uma orientação do prefeito Roberto Cláudio, durante a posse do Conselho, no Paço Municipal.

Para Roberto Cláudio, o resgate do local vai além da fiscalização, iluminação, limpeza urbana e do aumento de policiamento. “É muito importante esse planejamento construído a quatro mãos, como fizemos na José Avelino. Estamos reunindo todas as Secretarias e órgãos, Município e Estado, responsáveis por cada demanda da região”, afirmou.

Participaram do encontro representantes da Setfor, Secultfor, AMC, Etufor, SCSP, Seuma, SMS, Vigilância Sanitária, SDHDS, AGEFIS, Regional II, SER Centro, Segurança Cidadã, SSPDS, DEPROTUR, Instituto Dragão do Mar, além de moradores, empresários, igreja e líderes da comunidade.

Durante a reunião cada órgão apresentou seu plano de ações imediatas para a Praia de Iracema. “Começamos a traçar as prioridades, entre elas a segurança pública, através da Bptur, Deprotur e Guarda Municipal, fiscalização com a Agefis e controle urbano com AMC, Etufor e Secretaria de Conservação e Serviços Públicos”, informou o presidente do Conselho da Praia de Iracema e secretário executivo da Setfor, Erick Vasconcelos.

Outras ações apresentadas foram, o reforço da Guarda Municipal na fiscalização e auxílio à AMC e uma ação de limpeza na praia realizada pela Seuma, no próximo dia 16.

“Durante todo o mês estaremos trabalhando o Plano de Ação. Foram definidos grupos de trabalho específicos para cada assunto. A proposta é entregar para o prefeito, o plano completo até o final de setembro”, destacou Erick Vasconcelos.

(Prefeitura de Fortaleza / Foto: Divulgação)

Iguatu recebe nesta segunda-feira a Nova Agência do Trabalho

A Superintendência Regional do Trabalho no Ceará (SRT-CE), em parceria com a Prefeitura de Iguatu, reinaugura nesta segunda-feira (4), a partir das 9h, a Nova Agência do Trabalho no município do Centro Sul do Ceará. O novo equipamento vai atender à grande demanda local por expedição de Carteira de Trabalho, Seguro-Desemprego e Abono Salarial, entre outros serviços prestados ao trabalhador.

Para o deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB-CE), parceiro da conquista para o município, a nova representação do Ministério do Trabalho em Iguatu vai aproximar ainda mais o governo federal do trabalhador do Centro Sul do Estado.

“Principal pólo econômico da região, com ampla atuação no setor moveleiro, calçadista e de serviços, Iguatu merece mais esse grande avanço no atendimento de seus trabalhadores”, afirma Raimundo Matos.

A importância da Agência do Trabalho no município de Iguatu é reforçada pelo Superintendente do Ministério do Trabalho no Estado do Ceará, Fábio Zech. “Esta nova unidade atenderá a uma das regiões que mais crescem, economicamente, no Interior do Ceará”, diz.

Além da sede do município, a nova Agência do Trabalho de Iguatu vai atender aos distritos de Barreiras, Barro Alto, Baú, Gadelha, José de Alencar, Riacho Vermelho e Suassurana.

A representação do ministério pretende atender cerca de 200 trabalhadores por dia, oferecendo mais comodidade e rapidez, sem que as pessoas tenham que percorrer grandes distâncias para fazer sua Carteira de Trabalho.

Para solicitar o documento pela primeira vez, é necessário apresentar os seguintes documentos: CPF, comprovante de residência, Carteira de Identidade e Certidão de Nascimento ou Casamento.

Quem já tirou a Carteira de Trabalho e precisa da segunda via deve ter em mãos a carteira anterior ou Boletim de Ocorrência (em caso de furto, perda ou roubo), CPF, comprovante de residência, Carteira de Identidade e Certidão de Nascimento ou Casamento.

A foto é feita na hora. Todos os documentos devem ser originais. O atendimento, presencial, será de segunda a sexta, das 8h às 11h e das 12h às 17h.

Confiança quer adiar classificação do Fortaleza e fugir do rebaixamento

165 1

Uma campanha durante toda a semana, por parte da diretoria do Confiança, espera colocar cerca de 15 mil torcedores no estádio Batistão, em Aracaju, na noite deste domingo (3), na partida contra o Fortaleza, pela penúltima rodada da fase de classificação da Série C do Campeonato Brasileiro. Além da redução no preço dos ingressos, a diretoria sergipana quer a vitória como forma da equipe fugir do rebaixamento e ainda manter remotas chances de integrar o G4.

Já o Fortaleza assegura presença no mata-mata com um empate logo mais, beneficiado pelo confronto direto entre Sangueiro e Remo, na última rodada. O árbitro da partida será o paulista Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral, que conduziu somente uma partida do Fortaleza, desde 2008, quando o time cearense foi derrotado pelo Gama, por 2 a 0, no estádio Mané Garricha, pela Série B daquele ano.

Apesar de jogar na casa do adversário, o Fortaleza leva uma pequena vantagem nos sites de apostas online, com 40,4% de chances de vitória, contra 37,6% do Confiança. O empate parece ser o resultado menos provável, de acordo ainda com os sites de apostas online, com apenas 22% de chances.