Blog do Eliomar

Últimos posts

Ex-presidentes da OAB/CE são contra extinção de comarcas

A Ordem dos Advogados do Brasil, regional do Ceará, reuniu seus ex-presidentes e fechou questão contra a extinção de 34 comarcas, o que está previsto no projeto de reestruturação do Pode Judiciário e que foi encaminhado pelo Tribunal de Justiça para a Assembleia Legislativa.

Ao lado do atual presidente Marcelo Mota, estavam nesse encontro que vê a medida como como sério risco ao acesso da população à Justiça, os ex-dirigentes Paulo Quezado, Hélio Leitão, Ernando Uchoa Lima, Raimundo Falcão e Valdetário Monteiro.

Cândido Albuquerque não apareceu.

(Foto – OAB/CE)

Ministério Público Estadual deflagra terceira fase da Operação Fantasma em Itarema

A Promotoria de Justiça da Comarca de Itarema, em ação conjunta com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) e a Polícia Civil, deflagrou, na manhã desta terça-feira, a terceira fase da Operação Fantasma. Tiveram prisões temporárias decretadas os servidores Francisco Willamy de Vasconcelos Silveira, contador da Prefeitura Municipal de Itarema e filho do ex-presidente da Câmara Municipal de Itarema, João Vildes da Silveira (que se encontra preso preventivamente), e Francisco Ciro de Maria, ambos envolvidos com o esquema montado para desviar recursos públicos por meio das contratações de servidores fantasmas. A informação é da assessoria de imprensa do MPCE.

Além das prisões temporárias, foram cumpridos três mandados de busca e apreensão e um mandado de condução coercitiva. Foi realizado, ainda, o cumprimento de um mandado de busca e apreensão na residência de Antônio Sérgio de Souza Quinderé, que é servidor da Secretaria de Controle Interno da Prefeitura Municipal de Itaitinga. Os trabalhos são coordenados pela promotora de Justiça de Itarema, Mayara Menezes Muniz, em parceria com o GAECO. As ordens judiciais foram expedidas pela juíza em respondência pela Comarca de Itarema, Kathleen Nicola Kilian.

Operação Fantasma

A Operação Fantasma, que já teve duas fases anteriores, investiga um esquema montado para desviar recursos públicos por meio de contratações de servidores fantasmas com a apropriação ilegal de valores. A investigação teve início em abril deste ano, após denúncias de uma pessoa que se sentiu prejudicada por não conseguir receber benefício previdenciário em razão de um suposto vínculo com a Câmara Municipal, que até então era desconhecido pela vítima.

De acordo com as provas apuradas no decorrer da Operação Fantasma, foi evidenciado que alguns investigados recebiam dinheiro público que deveria ser destinado ao pagamento de seus assessores. O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) constatou a existência de prova material de crimes de peculato e inúmeras lesões aos cofres públicos.

Na segunda fase da operação, realizada no dia 28 de junho 2017, foram cumpridos nove mandados de prisão preventiva, 19 de busca e apreensão e 32 de condução coercitiva. Entre os presos estavam oito dos treze vereadores do município de Itarema.

Gastronomia – Um patrimônio que contribui para o crescimento econômico

Com o título “A força da gastronomia”, eis artigo do superintendente estadual do Sebrae, Joaquim Cartaxo. “Esse patrimônio também contribui para o crescimento econômico e desenvolvimento socioambiental”, defende Cartaxo. Confira:

O patrimônio gastronômico configura-se como um dos elementos determinantes à afirmação identitária de um território, pois a partir dele é possível escrever a história e a miscelânea das diferentes culturas existentes no lugar. Em torno da culinária, reúnem-se utensílios, música, festas, indumentárias, vocabulário e demais elementos que compõe a vivência cotidiana da comunidade.

Esse patrimônio também contribui para o crescimento econômico e desenvolvimento socioambiental, pois possui capacidade de fazer surgir diversos tipos de negócios direta e indiretamente relacionados à gastronomia, gerando emprego e renda.

Ressalte-se o valor inestimável desse patrimônio para o turismo. Vários lugares no mundo têm sua gastronomia como principal atrativo turístico. Um exemplo é o Peru, que atrai cada vez mais turistas interessados em sua gastronomia. Não é à toa que no ano passado o país ganhou o World Travel Awards, o Oscar do turismo, na categoria Melhor Destino Gastronômico do Mundo.

A Secretaria do Turismo do Ceará informa que a alimentação está entre os principais gastos dos turistas que visitam o Estado, superando até mesmo as despesas com hospedagem. De 2010 a 2015, os gastos dos turistas com alimentação injetaram na economia estadual cerca de R$ 6,7 bilhões.

Por isso, é fundamental para um destino turístico valorizar o seu patrimônio gastronômico. Este processo passa pelo conhecimento e valorização dos seus principais insumos e das receitas tradicionais, que são a base para o desenvolvimento desta gastronomia; pelo reconhecimento das ideias e trabalho dos profissionais que atuam nesse segmento, em especial os chefes de cozinha, pois são eles, dominando técnicas e conhecimentos, que colaboram para difundir a identidade do lugar em forma de saberes e sabores. E passa ainda pela qualificação dos estabelecimentos de alimentação, desde a manipulação adequada dos alimentos até o atendimento.

*Joaquim Cartaxo 

cartaxojoaquim@bol.com.br

Arquiteto urbanista e superintendente do Sebrae/Ceará.

UVA ganhará Restaurante Universitário na próxima sexta-feira

A partir desta terça-feira, o Restaurante Universitário da Universidade Estadual Vale do Acaraú (RU/UVA) entrará em funcionamento em fase de teste e estará aberto no horário das 11h30min às 14 horas (almoço) e das 18 às 19h30min (jantar). O RU será inaugurado oficialmente na próxima sexta-feira, 14, às 12 horas, quando o governador Camilo Santana (PT) e o reitor Fabianno Cavalcante de Carvalho farão a entrega do novo equipamento à comunidade acadêmica da UVA.

O acesso será a partir da identificação biométrica dos usuários, que pagarão pela refeição os seguintes valores: R$2,50 (estudante); R$6,00 (funcionários técnicos-administrativos) e R$8,18 (professores). Os usuários que ainda não fizeram o cadastramento biométrico deverão fazê-lo na Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE), no campus Betânia.

Localizado no campus Betânia, próximo à Praça do Mestre, o RU atenderá a comunidade acadêmica – alunos, professores e funcionários – com 1.800 refeições diárias, sendo 800 no almoço e 800 no jantar. As 200 refeições diárias, referente ao café da manhã, terão início a partir da implantação da Residência Universitária (REU), e será servida somente aos alunos cadastrados como residentes. O cardápio da semana está disponível no sítio eletrônico da UVA, em www.uvanet.br.

(Foto – Arquivo)

Unifor terá Parque Tecnológico

O TEC Unifor, o Parque Tecnológico da Universidade de Fortaleza, será oficialmente inaugurado na próxima sexta-feira, a partir das 9 horas, em cerimônia marcada para o Bloco M, da Instituição. O ato contará com a participação da reitora Fátima Veras e do prefeito Roberto Cláudio (PDT). O espaço funcionará no Campus da instituição, tendo respaldo do Programa de Apoio a Parques Tecnológicos e Criativos da Prefeitura de Fortaleza (ParqFor).

O equipamento abriga os setores de pesquisa e desenvolvimento das empresas de base tecnológica, laboratórios de pesquisa e uma incubadora. As empresas instaladas no espaço têm a oportunidade de, por meio do desenvolvimento de projetos conjuntos, beneficiar-se da capacidade científica e técnica dos pesquisadores da instituição para a criação de soluções inovadoras a problemas correntes bem como para criação de inovações que conquistem novos mercados.

Quem participa?

Multinacionais e empresas brasileiras reconhecidas no mercado, como Eletra Energy Solution, G4Flex, Ivia, Mob Telecom, Nuteral, Serttel e Softtek, farão parte do equipamento. Empresas do Grupo Edson Queiroz também estão presentes no TEC Unifor. A Nacional Gás Butano, distribuidora de gás de petróleo liquefeito (GLP), mantém parceria com o Núcleo de Tecnologia da Combustão da Unifor, enquanto a empresa de eletrodomésticos Esmaltec é parceira do Laboratório de Refrigeração e Condicionamento de Ar.

(Foto – Divulgação)

 

Ceará apresenta melhor desempenho na produção industrial registrada em maio no País

O crescimento de 0,8% na produção industrial em maio, reflete expansão no parque fabril em 10 dos 14 locais pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que divulgou hoje (11) os dados regionalizados da produção. Segundo a Pesquisa Industrial Mensal Regional, o crescimento que se refere aos dados dessazonalizados teve como principal destaque o estado do Ceará, onde a expansão chegou a 5,9%, representando 5,1 pontos percentuais acima do crescimento médio nacional da indústria e já divulgado na semana passada pelo IBGE, com índice de 0,8%.

Em seguida vem a Bahia, cuja expansão, não menos significativa, chegou a 3,6% e o Pará, com 3,1%. O Ceará foi a segunda expansão consecutiva, acumulando em abril e maio alta de 7,3%; enquanto a Bahia reverteu a queda de 0,7% registrado no mês de abril. O estado do Pará eliminou parte da perda de 7,5% acumulada entre fevereiro e abril deste ano.

No Rio Grande do Sul e em São Paulo a expansão foi 2,5%; em Santa Catarina (1,4%); no Paraná (1,4%); e na Região Nordeste (1,3%);  todos com resultados foram acima da média nacional da indústria.

Com resultados positivos ficaram ainda Goiás, que registrou o mesmo avanço de 0,8% do crescimento da indústria para a totalidade do país; e Pernambuco, que apresentou resultado praticamente estável ao crescer apenas 0,1%.

Entre os quatro estados com resultados negativos ficaram o Amazonas, cuja indústria registrou a maior retração: de -3,6%, intensificando a queda de 0,6% verificada no mês anterior. As demais taxas negativas foram assinaladas no Espírito Santo (-1,9%), Rio de Janeiro (-1,6%) e em Minas Gerais (-0,2%).

Acumulado no ano

Os dados do IBGE indicam, por outro lado, que o crescimento de 0,5% acumulado pelo indústria nos primeiros cinco meses do ano (janeiro-maio) reflete expansões em 10 dos 15 locais pesquisados, frente a igual período do ano passado.

Os avanços mais acentuados foram assinalados pelo Rio de Janeiro, que ao avançar 4,6%, chegou a registrar crescimento 4,1 pontos percentuais acima da média nacional; Santa Catarina (4,3%); Espírito Santo (3,4%); e Paraná (3,1%).

Em Minas Gerais o crescimento foi 2,1%; no Amazonas e no Rio Grande do Sul (1,9%); em Goiás (1,5%); e em Pernambuco (1,3%) – todos com resultados estão acima da taxa média do país de 0,5%. Já o Pará registrou expansão de 0,2%.

Segundo o IBGE, nesses locais, o maior dinamismo foi “particularmente influenciado por fatores relacionados à expansão na fabricação de bens de capital (em especial aqueles voltados para o setor agrícola e de construção); de bens intermediários (minérios de ferro, petróleo, celulose, siderurgia e derivados da extração da soja); de bens de consumo duráveis (automóveis e eletrodomésticos da “linha marrom”); e de bens de consumo semi-duráveis e não duráveis (calçados, produtos têxteis e vestuário).

Por outro lado, a Bahia, ao fechar os primeiros cinco meses com queda de 6,6% em seu parque fabril, apontou o recuo mais elevado no índice acumulado do ano, chegando a ficar 7,1 pontos percentuais abaixo do crescimento médio nacional do período.

A queda expressiva foi pressionada, principalmente, pelo comportamento negativo vindo dos setores de metalurgia (barras, perfis e vergalhões de cobre e de ligas de cobre) e de coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (óleo diesel, naftas para petroquímica e gasolina automotiva).

Os demais resultados negativos foram registrados na Região Nordeste (-1,6%),  no Mato Grosso (-1,4%),  em São Paulo (-0,6%) e  no Ceará (-0,2%).

Indústria Cearense

Os dados divulgados pelo IBGE indicam, ainda, que o expressivo crescimento de 5,9% verificado na indústria cearense de abril para maio foi impulsionado principalmente pelos setores de petróleo, vestuário e calçados.

O expressivo resultado acontece depois de o estado ter atingido em novembro do ano passado o patamar mais baixo de produção da série histórica: de -28,6%. A indústria cearense já havia mostrado recuperação no mês de abril (1,3%), o que levou o crescimento de maio fechar os dois últimos meses com avanço de 7,3%.

(Agência Brasil)

Justiça libera atuação no mercado de Fortaleza de mais cinco motoristas do Uber

O Tribunal de Justiça do Ceará,  por meio do desembargador Luiz Evaldo Gonçalves Leite, determinou que o poder público municipal está impedido de praticar qualquer ato ou medida repressiva que impeça cinco motoristas de desempenharem livremente o transporte privado individual através do aplicativo Uber. Em caso de descumprimento, fixou multa diária de R$ 1 mil. A informação é da assessoria de imprensa do TJCE.

De acordo com o processo, os motoristas ajuizaram ação requerendo liminar para que o poder público municipal se abstivesse de praticar quaisquer atos que barrasse a atividade. Alegaram que realizam transporte privado individual, o que os difere dos taxistas, que têm como atividade o transporte público individual.

O pedido, no entanto, foi negado pelo Juízo da 13ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Fortaleza. Buscando a reforma da decisão, os motoristas interpuseram agravo de instrumento (nº 0624982-94.2017.8.06.0000) no TJCE.

Ao apreciar o caso, o desembargador Luiz Evaldo Gonçalves reformou a decisão. O magistrado lembrou que o posicionamento não abrange o mérito do assunto, pois trata-se de uma decisão precária. No entanto, destacou que “a despeito da ausência de regulamentação da referida atividade, deve prevalecer a liberdade da iniciativa privada, de modo que o serviço de transporte privado por meio do aplicativo UBER não pode sofrer restrições ou sanções por parte do Poder Público, como se ilícito fosse”, disse.

Ainda segundo o desembargador, “a competência do poder público municipal de fixar normas de passageiros não o autoriza a proibir tal atividade, indistintamente, como vem ocorrendo na espécie”.

TRE do Ceará inaugura Posto de Atendimento no Shopping RioMar Kennedy

O Tribunal Regional Eleitoral vai inaugurará , às 10 horas desta quarta-feira, mais um posto de serviço no Shopping RioMar Kennedy, ampliando para nove o número de postos de atendimento aos eleitores na Capital. A informação é da assessoria de imprensa do TRE.

A presidente do tribunal, desembargadora Nailde Pinheiro Nogueira, e o vice-presidente e corregedor regional eleitoral, desembargador Haroldo Máximo, participarão da inauguração do posto, que contará com oito kits biométricos e terá capacidade para atender 250 eleitores, diariamente.

O posto no RioMar Presidente Kennedy funcionará de segunda a sexta-feira, exceto nos feriados, das 10 às 19 horas, na Área de Conveniência e Serviços, localizada no Piso L2. Os serviços oferecidos no local serão para regularizar a situação eleitoral: transferência do local de votação, 2ª via do título, alistamento eleitoral e o recadastramento biométrico.

Documentação

Os eleitores precisam dos seguintes documentos para tirar o título e realizar a coleta dos dados biométricos:

– RG ou qualquer outro documento que comprove a nacionalidade brasileira (Ex: Carteira de Trabalho ou carteira emitida pelos órgãos criados por lei federal);
– Certificado de quitação com o serviço militar, para os brasileiros do sexo masculino, com idade entre 18 a 45 anos que for tirar o título pela primeira vez;
– Comprovante de residência.

(Foto – Evilázio Bezerra)

Fortaleza será sede do Congresso de Radiodifusão do Norte e Nordeste

Fortaleza será sede, no período de 4 a 6 de setembro deste ano, do Congresso de Radiodifusão do Norte e Nordeste. A promoção é da Associação Cearense de Emissoras de Rádio e Televisão (ACERT).

O encontro terá como tema central “Inteligência Criativa Para a Geração de Negócios da Comunicação”, e acontecerá no salão de convenções do Hotel Praia Centro.

Na programação, palestras, workshop, painéis, debates, feira de negócios, além da mostra que contemplará o Prêmio Aboio de Comunicação.

Presidente do Sindicato dos Médicos do Ceará desfilia-se do PSDB

A presidente do Sindicato dos Médicos do Ceará, Mayra Pinheiro, desfiliou-se do PSDB. Foi o que ela informou para este Blog, sem divulgar os motivos.

Agora, segundo ela, é dedicação exclusiva às causas da categoria. Ontem, já estava, inclusive, em Brasília, participando da reunião do Conselho Federal de Medicina onde o mote foi a falta de recursos para a saúde.

(Foto – Jornal Ibiapaba)

Senado deve concluir nesta terça-feira a votação da Reforma Trabalhista

Nesta última semana de trabalho antes do recesso parlamentar, que começa na semana que vem, o governo terá uma prova de fogo nesta terça-feira (11). É que o Senado espera concluir hoje a votação da reforma trabalhista – PLC 38/2017. A expectativa é de um placar bastante apertado. Para aprovar o texto são necessários, pelo menos, 41 votos dos 81 senadores.

Em meio à análise pelos deputados da denúncia contra o presidente Michel Temer por crime de corrupção passiva, apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o presidente do Senado, Eunício Oliveira, já disse que a votação estará na pauta do dia, independentemente do que acontecer na Câmara.

Próximos passos

Oliveira já deu por encerrada as discussões da matéria no plenário na última quinta-feira (6), portanto, na sessão deliberativa de hoje, marcada para as 11h, os líderes de partidos e de blocos partidários poderão apenas orientar suas bancadas para aprovar ou rejeitar o projeto. Não haverá discursos de senadores que não são líderes. Em seguida, a votação será feita nominalmente com divulgação do resultado no painel eletrônico.

Se aprovado o texto principal, os senadores vão analisar as emendas apresentas em plenário. As que receberam parecer contrário deverão ser votadas em globo, ou seja, todas juntas de uma vez e, provavelmente, em votação simbólica. Todas têm parecer pela rejeição. Depois é a vez das emendas destacadas seguirem para votação em separado pelos partidos ou blocos partidários. A votação de cada destaque também poderá ser encaminhada pelas lideranças.

Caso os senadores confirmem o texto sem mudanças, o projeto seguirá para sanção presidencial no dia seguinte. Se reprovado, o texto é arquivado.

A proposta

A proposição a ser analisada prevê, além da supremacia do negociado sobre o legislado, o fim da assistência obrigatória do sindicato na extinção e na homologação do contrato de trabalho. Além disso, extingue a contribuição sindical obrigatória de um dia de salário dos trabalhadores.

Há também mudanças nas férias, que poderão ser parceladas em até três vezes no ano e regras para o trabalho remoto, também conhecido como home office. Para o patrão que não registrar o empregado, a multa foi elevada e pode chegar a R$ 3 mil. Atualmente, a multa é de um salário-mínimo regional.

Vetos

Para acelerar a tramitação da proposta todas as 864 emendas apresentadas pelos senadores foram rejeitadas nas comissões de Assuntos Econômicos, Assuntos Sociais e de Constituição e Justiça. Em seus pareceres o senador Ricardo Ferraço, que relatou a matéria nas duas primeiras comissões, ressaltou o acordo firmado com o presidente Michel Temer para que ele vete seis pontos polêmicos da reforma inseridos pelos deputados para que os temas sejam reapresentados via medida provisória ou projeto de lei.

Um desses pontos é o que aborda o trabalho da gestante e da lactante em ambiente insalubre. O texto prevê que a trabalhadora gestante deverá ser afastada automaticamente, durante toda a gestação, apenas das atividades consideradas insalubres em grau máximo. Para atividades insalubres de graus médio ou mínimo, a trabalhadora só será afastada a pedido médico.

Em relação ao trabalho intermitente, o relator recomenda veto aos dispositivos que regulamentam a prática. Neste tipo de trabalho, são alternados períodos de prestação de serviços e de inatividade, determinados em horas, dias ou meses, independentemente do tipo de atividade do empregado e do empregador. Segundo ele, o melhor seria regulamentar por medida provisória, estabelecendo os setores em que a modalidade pode ocorrer.

(Agência Brasil)

Heloísa Helena admite disputar o Senado em 2018

“Quem for podre, que se quebre!”

Eis o que disse, em Fortaleza, nessa segunda-feira, a ex-senadora alagoana Heloísa Helena (Rede), ao avaliar a a Operação Lava Jato. Ela fez muitos elogios a essa ação da Polícia Federal e disse tudo vai ser bom para o futuro do País.

Sobre as eleições de 2018, Heloísa Helena já admite disputar o Senado em 2018. Adoraria enfrentar os três senadores do seu Estado, e, em especial, Renan Calheiros (PMDB).

Morre Edgar Fuques, ex-secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará

Morreu, nesta terça-feira, o ex-secretário da Segurança Pública (Governo Tasso Jereissati) e ex-diretor-geral da Guarda Municipal de Fortaleza, Edgar Fuques (76). Delegado aposentado da Polícia Federal, Fuques chegou a exercer também militância na política.

Foi também  secretário-geral do DEM do Ceará e era homem da confiança do atual vice-prefeito de Fortaleza, o ex-deputado federal Moroni Torgan.

Edgar Fuques estava internado desde domingo no Hospital São Mateus e teve complicações cardíacas.

O velório ocorrerá a partir das 12 horas, na Funerária Ternura, enquanto o enterro está marcado para as 17h30min, no Cemitério Parque da Paz.

(Foto – Edimar Soares)

Ciro Gomes: Temer, o “canalha maior”, transformou o Planalto em trincheira de luta do banditismo

305 7

O pré-candidato a presidente da República pelo PDT, Ciro Gomes, voltou a bater duro no presidente Michel Temer (PMDB). Foi nesta madrugada de terça-feira, quando seguia para Goiânia (GO), onde dará palestra para empresários.,

Ciro qualificou Temer de “canalha maior”, avaliou o parecer do deputado federal Sérgio Sveiter (PMDB/R) pela denúncia de corrupção passiva contra o presidente e até observou: é preciso refletir sobre o que levou a esse cenário atual do País.

Segundo Ciro, o cenário é desolador e envolve um presidente que transformou o Palácio do Planalto numa “trincheira de luta do banditismo no Brasil”. Ele previu a aprovação da reforma trabalhista no Senado, o que considerou absurdo, mas disse que a reforma previdenciária não vai passar.

Em delação, Palocci pede ao STJ para sair da cadeia

109 1

O ex-ministro da Fazenda, Antonio Palocci, em franco processo de delação premiada, apresentou ao Supremo Tribunal de Justiça um habeas corpus, com pedido de liminar, para responder a ação em liberdade. Ele já foi condenado a 12 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro.

A defesa argumenta que Palocci não representa risco à sociedade e que a clausura, à esta altura, equivale a uma antecipação da pena, já que ele está recorrendo da decisão que o levou para a cadeia.

Caberá à presidente do tribunal, ministra Laurita Vaz, bater o martelo sobre o pleito. A informação é da Veja Online.

É preciso interromper a matança!

Com o título “É preciso interromper a matança”, eis o Editorial do O POVO desta terça-feira. Aborda tantos homicídios registrados no Estado nos últimos meses. Confira:

A que níveis a violência no Ceará poderá alcançar não se sabe, mas tem sido preocupante cada vez mais falar a respeito disso em 2017, quando se atualizam as estatísticas mês a mês dos Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs). Que é como são nominados em registro os casos de homicídios no Estado. Acompanhando a escalada dos números apresentados desde janeiro, o que se imagina, de fato, é que poderá piorar.

Não é aceitável, em nenhum grau de razoabilidade, que o total de pessoas assassinadas em Fortaleza tenha crescido 217,7% no último mês de junho, comparando com junho do ano passado. Foram 197 casos este ano; haviam sido 62 no mesmo mês de 2016. É um cenário bastante preocupante.

E não parece ser pontual. Os homicídios crescem mensalmente desde janeiro, e entre os junhos de 2016 e 2017 tiveram alta em todas as outras regiões de segurança do Estado: +132,7% na Região Metropolitana, +27,4% no Interior Norte, +6,9% no Interior Sul. Na totalização de CVLIs do Ceará do último mês, foram mais 91,1% de assassinatos.

Nada sinaliza que haverá alguma mudança, pelo menos por enquanto.

Talvez as facções surpreendam com um novo pacto de paz? Mesmo que isso aconteça, não se deve esperar nada desse submundo que não sugira reveses mais adiante. Em algum momento anterior, foi isso que falseou a contagem de casos e a violência mais próxima nos parecia amenizada. Na tradução dos números, os assassinados, em maioria, são jovens. O crime ampara jovens na periferia porque sabe das ausências do Estado.

Se “o que falta é reduzir a sensação de impunidade”, como disse o secretário da Segurança Pública André Costa, em entrevista ao O POVO no último sábado, dia 8, então agora são pelo menos dois grandes problemas para resolver. (Agora não, já se fala disso há mais tempo – mas nunca em cenário tão grave.) Porque a sensação de insegurança, que todos como cidadãos percebemos, essa, até agora, não tem nos aliviado. É a partir dessa aflição individual que a estratégia da Segurança Pública poderia ser mais bem pensada. E de fato executada.

Chega em boa hora a entrega, feita ontem pelo governador Camilo Santana, de mais de 300 novas viaturas que serão postas na estratégia de enfrentamento ao crime. Urgentemente, é preciso estancar essa matança.

Ministério da Saúde vai lançar plano para ampliar o acesso de crianças a cirurgias cardíacas

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, anuncia na manhã desta terça-feira (11), na sede do Instituto do Coração (Incor), em São Paulo, diretrizes inéditas para ampliar o diagnóstico, tratamento e a reabilitação da criança e do adolescente com cardiopatia congênita em todo o país.

Antes do lançamento, o ministro Ricardo Barros visita o Hospital do Coração (HCOR), onde conhecerá, in loco, as ações da unidade hospitalar no âmbito do Programa de Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS). Na ocasião, o ministro também se reunirá com representantes dos Centros de Especialidades Odontológicas (CEO) e outros participantes do Proadi.

(Agência Saúde)

Camilo fecha pacote para a educação

Da Coluna Vertical, no O POVO desta terça-feira (11):

Na estratégia de reforçar a imagem de seu governo com os bons resultados e avanços na área da educação, o governador Camilo Santana (PT) está fechando um pacote de investimentos para o setor, na ordem de R$ 15 milhões.

A informação é do secretário estadual da Educação, Idilvan Alencar, adiantando que, dessa vez, priorizará a aquisição de carteiras escolares, aparelhos de ar-condicionado, mobiliário e computadores para a rede estadual de ensino. Os investimentos na área dos docentes foram feitos, bem como reforma de escolas e a ordem agora é dar boas condições ao ambiente de trabalho. O pacote deve ser lançado em agosto.

Há, no entanto, uma crítica à área educacional: faltam vigilantes nos estabelecimentos. O governo cortou despesas nessa área.

(Foto – Marco Antônio, da Secom /AL)

Voto de Zveiter era esperado no Planalto; base apresentará relatório alternativo

O parecer favorável à admissibilidade da denúncia contra o presidente Michel Temer não surpreendeu o Palácio do Planalto. O governo já esperava que o deputado Sergio Zveiter (PMDB-RJ) se posicionasse a favor da aceitação da denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR). O que fugiu das previsões, segundo interlocutores do presidente, foi o “tom político” do parecer.

Segundo assessores próximos a Temer, o presidente não está pessimista nem otimista, mas trabalhando com a base para barrar a denúncia de corrupção passiva apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

O deputado Carlos Marun (PMDB-MS) confirmou que os membros da base do governo na CCJ estão finalizando um relatório alternativo ao de Zveiter, o chamado voto em separado. O deputado se mostrou otimista de que a base terá maioria de votos na CCJ para derrubar a admissibilidade da denúncia.

De acordo com a Constituição, a denúncia apresentada contra Temer somente poderá ser analisada pelo STF após o voto favorável, em plenário, de 342 deputados, o equivalente a dois terços do número de membros da Câmara. Independentemente do resultado da votação na CCJ, a decisão final caberá ao plenário da Casa.

(Agência Brasil)