Blog do Eliomar

Últimos posts

Já ouviu falar da Alienação Parental Virtual Difusa?

248 1

Com o título “Alienação Parental Virtual Difusa”, eis artigo do advogado Frederico Cortez. Ele aborda tema dos mais interessantes, principalmente nestes tempos de redes sociais. Confira:

É inegável. As redes sociais tornaram-se um verdadeiro diário pessoal aberto ao público, onde ficou comum a divulgação de fotos acompanhada de declarações de amor, carinho, amizade e/ou discórdia. Nesse sentido, o uso desses meios virtuais de comunicação tem um viés negativo, que é a manipulação por pessoas que desejam atingir a imagem das outras, criando falsos ambientes que se tornam verdades aos olhos de terceiros que desconhecem a realidade do contexto, mormente quando se trata de pais separados em disputa pela guarda dos (as) filhos (as).

Assim, nesse cenário de mundo imaterial, familiares estão usando a rede social como veículo para uma nova modalidade de ataque psicológico no que pese às disputas judicias de guarda de filho (a), onde agridem de forma irresponsável e desprovida de qualquer fundamentação a figura paterna ou materna no que tange à forma de criação do filho (a), inverdades essas que fogem do ambiente familiar e passam a fazer parte de conhecimento de terceiros estranhos à relação de parentesco entre pai, mãe e filho (a).

A Lei 12.318/2010 dispõe sobre a regulamentação do instituto psicossocial da Alienação Parental, delimitando o seu conceito, bem como as hipóteses de identificação e as sanções legais afeitas ao cometimento de tal ilicitude. Assim, o art. 2º da referida Lei identifica a existência da alienação parental quando há “ interferência psicológica da criança e do adolescente promovida ou induzida por um dos genitores, pelos avós ou pelos que tenham a criança ou adolescente sob a sua autoridade, guarda ou vigilância para que repudie genitor ou que cause prejuízo ao estabelecimento ou à manutenção de vínculos com este”.

A Constituição Federal de 1988, em seus arts 226, §8º e art.227, caput, determinam que a criança deve ser criada em um ambiente familiar saudável, longe de constrangimentos e exposições que possam a vir agregar uma característica negativa em sua formação psicossocial.

No mais, o Estatuto da Criança e do Adolescente- ECA (Lei 8.069/1990), traz em seus arts. 3º e 4º elementos inexoráveis para a boa formação da criança e do adolescente os direitos fundamentais afeitos à pessoa humana, como o direito à vida, à saúde, à alimentação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária.

Dessa forma, ainda segundo ao ECA, o art. 5º assevera que a criança ou o adolescente não poderá ser objeto de qualquer forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão, sendo punível o ato omissivo ou comissivo que venha a caracterizar as condutas reprováveis aduzidas.

Antes do advento das redes sociais, a figura do instituto da alienação parental se restringia ao ambiente familiar entre os genitores, tios, avós, quando no máximo se estendia aos amigos mais próximos e íntimos das pessoas envolvidas.

Todavia, com a explosão da sites de relacionamento e aplicativos de comunicação ( facebook, whatsapp, twitter, telegram, etc), notei um comportamento comum que despertou minha atenção e o denominei como ALIENAÇÃO PARENTAL VIRTUAL DIFUSA, onde esse ambiente de animosidade extrapola o círculo da família e passa a ser objeto de opinamento e julgamento por parte de terceiros alheios à situação real como existe de fato, posto que livre é o acesso pelos demais às fotografias com comentários publicados nos perfis individuais dos genitores ou de familiares no mundo virtual,  que tem por objetivo denegrir e desqualificar  a conduta do outro no exercício da paternidade ou maternidade. Ou seja, uma verdadeira guerrilha de informação e contrainformação.

Sabido, ressabido e consabido é que as redes sociais não têm limites estabelecidos por Lei no que pese à divulgação de imagens de crianças e/ou comentários depreciativos em relação a um dos pais, quando está em disputa a guarda dos filhos ou o seu modo de criação, passando a ser plateia os grupos de “amigos virtuais” de cada um dos genitores em seus perfis nas redes sociais, nesse nefasto palco de animosidade, e assim tendo um efeito multiplicador negativo e que só contribuirá para a má formação psicológica da maior interessada (a), que é a criança.

Nesse ponto, cabe à sociedade, entidades de classes não governamentais e legisladores debaterem de forma urgente sobre a criação de um instrumento técnico legal que venha a coibir que tais publicações em redes sociais sejam realizadas, inibindo assim essa alimentação de intrigas e brigas dentro de um processo tão complexo que é a guarda de filhos em ações judiciais.

*Frederico Cortez

Advogado

www.cortezegoncalves.adv.br

Justiça Federal barra processo de transferência de funcionários da Infraero

A Justiça Federal de Minas barrou processo de transferência de funcionários da Infraero, alegando que há aumento de gastos nos procedimentos administrativos. Ou seja, apelou para o princípio da economicidade.

Um grupo de funcionários do Aeroporto Internacional Pinto Martins, prontinho para embarcar na rota de outros aeroportos, pois vive incertezas com a chegada da alemã Fraport – nova dona, arremeteu planos.

Vive agora um impasse.

Oi está recrutando 118 profissionais em todo o País

 

A Oi está recrutando 118 profissionais em todo o País, sendo que 10 destas vagas se destinam a ex-alunos do NAVE (Núcleo Avançado em Educação) do Rio de Janeiro, que serão contratados como residentes digitais. O NAVE é um programa do Oi Futuro, instituto de responsabilidade social da Oi, que forma jovens para as economias digital e criativa, com foco na produção de games, aplicativos e produtos audiovisuais.n para atuar nos novos times de digitalização, com foco no desenvolvimento de soluções.

As inscrições devem ser feitas no www.vagas.com/oi. A admissão será imediata. As vagas são para atuação no Rio de Janeiro e estão abertas a profissionais de diversas áreas de formação, entre elas Engenharia, Sistemas de Informação, Ciência da Computação, Rede de Computadores, Rede de Telecomunicações, Análise de Sistemas, Tecnologia da Informação, Administração, Economia, Estatística, Marketing, Publicidade e Propaganda, Jornalismo e Design.

A Oi, no entanto, está adotando uma abordagem diferente nesta seleção, em que o candidato não precisa de graduação para participar do processo seletivo de parte das vagas, já que nesta área a formação profissional ocorre muitas vezes com cursos técnicos e específicos ou de duração inferior a um curso Superior.

O processo seletivo terá etapas online e uma presencial, dependendo das vagas, incluindo análise de perfil, provas online, jogo de negócios com a participação de executivos e entrevista com a área de Gente e gestores da Oi. Além de remuneração compatível com o mercado, a Oi oferece plano de celular, participação nos lucros, vale transporte, vale alimentação, previdência privada, plano de saúde e seguro de vida.

Expoevangélica 2017 terá Cristina Mel

Tem início ás 15 horas desta quarta-feira, no Centro de Eventos, a Expoevangélica 2017, Trata-se de uma feira de produtos voltados para o mundo cristão, contando ainda com oficinas, palestras e shows.

A principal pregação ficará por conta do pastor Fabrício Miguel, da Comunidade das Nações. Ele é mestre em Teologia pela Southern Baptist Theological e sociólogo formado pela Fênix University, do Arizona (EUA).

O destaque musical é a cantora gospel Cristina Mel.

OAB divulga resultado do seu XXII Exame Unificado

Saiu o resultado final da prova prático-profissional (2ª fase) do XXII Exame de Ordem Unificado, após a análise e a consideração dos recursos apresentados desde o dia 21 de junho.
Quem não passou pode usar a nota da primeira fase no XXIII Exame — o edital de repescagem já foi publicado, informa a OAB nacional.
A aprovação é requisito necessário para a inscrição como advogado, conforme estabelece o Estatuto da Advocacia.

 

SERVIÇO

*Para ver a ista de aprovados clique aqui.

Oficina vai ensinar como se constrói uma cisterna de ferrocimento

Uma oficina vai ensinar a construir cisternas de ferrocimento. Será realizada nesta sexta e sábado, com 20 vagas em oferta e ministrada por três instrutores com formação em arquitetura, edificações e designer. São eles, Marcelo Sindeaux, Bernardo Andrade e Marco George.

Na sexta-feira à noite, a aula teórica será ministrada na Escola Profissionalizante do Eusébio (Região Metropolitana de Fortaleza), enquanto a aula prática ocorrerá durante todo o sábado no Porto Canoa, em Aquiraz (também Região Metropolitana de Fortaleza), com execução de uma cisterna.

O objetivo da oficina, segundo organizadores ,é o estudo, planejamento e execução de uma tecnologia social indicada para captação e armazenamento de água da chuva. Será aberta a quaisquer interessados nos temas da Permacultura, Saneamento Ecológico, Segurança e Autonomia Hídrica, dentre outros.

Instrutores

*Marcelo Sindeaux – Formação de Permacultura na Austrália em 2009, onde foi aluno de Bill Mollison e Geoff Lawton. Possui Especialização em Permacultura e Educação para Sustentabilidade promovido pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). É idealizador e administrador da Unidade Permacultural “Floresta”, em Eusébio/CE. Técnico em Edificações pela Escola Técnica Federal do Ceará – ETFCE, graduado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual do Ceará – UECE. Trabalha atualmente no Banco do Nordeste, como técnico de campo. Marcelo é sócio fundador do IPC.

*Marco George – Formação em Permacultura por meio de PDC realizado na Meruoca-CE em 2011 com os instrutores Jorge Timmermann e Suzana Maringoni, da Rede Permear. É Designer, Ambientalista e Bioconstrutor que vem estudando e praticando Permacultura desde 2010. Integra a Diretoria do Instituto e atualmente está experimentando práticas permaculturais juntamente com sua companheira Eveline Silva, no Eco Sítio Juazeiro, em Eusébio-CE, local de produção constante e ponto de encontro de amigos para práticas permaculturais realizadas em mutirões. Juntos estão sempre aperfeiçoando o design do sítio e aprendendo muito a cada dia.

*Bernardo Andrade – Arquiteto e urbanista. Idealizador do projeto CASA PAS baseado na experiência de casas sustentáveis do arquiteto americano Michael Reynolds em cuja empresa o Bernardo fez estágio.

SERVIÇO

*Mais informações – 98879 3205.

Dilma janta na casa de aliada em Brasília

Kátia Abreu e a amiga Dilma.

A senadora Kátia Abreu saiu correndo, nessa terça-feira à noite, da reunião em que a bancada do PMDB escolheu Raimundo Lira (PB) como líder do partido no Senado.

Ela tinha um compromisso. Convidou a ex-presidente Dilma Rousseff para jantar em sua casa.  “Vou encontrar minha amiga”, resumiu Kátia, segundo a Coluna Radar, da Veja Online.

Prefeitura de Fortaleza é denunciada ao MP por descumprimento da Lei de Acesso à Informação

432 1

Chegou ao Ministério Público do Estado uma denúncia contra a Prefeitura de Fortaleza. O jornalista Haroldo Barbosa é o autor da denúncia, reclamando que a gestão do prefeito Roberto Cláudio (PDT) não vem cumprindo a Lei Nº 12.527/11, conhecida como Lei de Acesso à Informação (LAI) e que foi regulamentada em Fortaleza através do Decreto 13.305/14, do prefeito Roberto Cláudio (PDT).

Desde o mês de março que ele diz tentar obter da Prefeitura dados sobre gastos com pessoal terceirizado e as chamadas Organizações Sociais, sendo a mais conhecida delas o Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH). Só com esse organismo, a Prefeitura gastou R$ 164 milhões em 2016. “Isto foi inclusive tema de artigo publicado dia 12/04 aqui no blog (http://blogdoeliomar.com.br/prefeitura-de-fortaleza-e-lei-de-acesso-informacao/)”, lembra Barbosa.

Ainda segundo o jornalista, a Prefeitura não cumpriu prazos estabelecidos na lei, deu informações parciais e negou acesso a parte dos dados. Todos os recursos interpostos foram negados, sendo uma das negativas assinada pelo secretário de Finanças do Município, Jurandir Gurgel.

Para o jornalista, o mais grave é que o decreto municipal 13.305/14, em conformidade com a LAI, prevê que, após negadas as reclamações em 1ª e 2ª instâncias, se possa apelar à 3ª instância, que seria a Comissão Municipal de Acesso à Informação (CMAI). No entanto, ao tentar ingressar com recurso na 3ª instância, o sistema do E-sic da Prefeitura não aceita o recurso e aparece em destaque a mensagem de que “não existe sic cadastrado para o órgão em questão”. Ou seja, não só ele mas os demais cidadãos que pretendem usar a LAI estão impedidos de recorrer a um órgão cuja existência está prevista em lei mas que não existe de fato ou, se existe, não foi disponibilizado o acesso ao mesmo, sendo qualquer uma das hipóteses da maior gravidade.

O jornalista também estuda a possibilidade de ingressar com ação na justiça comum contra Prefeitura Municipal de Fortaleza.

PF e MPF realiza no Rio nova fase da Operação Ponto Final

A Polícia Federal (PF) e o Ministério Público Federal (MPF) iniciaram, nas primeiras horas de hoje (5), uma nova fase da Operação Ponto Final, desencadeada na última segunda-feira (3) e que já prendeu 11 pessoas por envolvimento em irregularidades no transporte público do Rio de Janeiro. Entre as pessoas presas na operação, está o empresário Jacob Barata Filho, detido no Aeroporto Internacional do Galeão quando tentava embarcar para Portugal.

Nesta fase da Operação Ponto Final, agentes da PF, em conjunto com o Ministério Público Federal, cumprem mais quatro mandados expedidos pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio. Desses, três são de busca e apreensão e um de condução coercitiva, todos na capital fluminense, segundo nota da Polícia Federal.

A Operação Ponto Final tem por objetivo desarticular organização criminosa que atuava no setor de transportes do Rio. Desde o início, a PF já cumpriu cerca de 30 mandados de busca e apreensão.

Os empresários presos são acusados de desvios de cerca de R$ 500 milhões. Os 11 presos, dez dos quais estão na Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, na região central do Rio, são Jacob Barata Filho, Marcelo Traça Gonçalves, Lelis Marcos Teixeira, João Augusto Morais Monteiro, Marcelo Marques Pereira de Miranda, Carlos Roberto Alves, Otacílio de Almeida Monteiro, Eneas da Silva Bueno, Claudio Sá Garcia de Freitas e David Augusto da Câmara Sampaio.

Além de Jacob Barata Filho, estão presos outros empresários, funcionários públicos ligados a órgãos de fiscalização do transporte público – como o ex-presidente do Detro Rogério Onofre, preso pela Polícia Federal em Florianópolis – e políticos.

O conselheiro da Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio José Carlos Reis, também envolvido no esquema, encontra-se em Portugal, mas já consta da lista de foragidos da Interpol – a Polícia Internacional.

(Agência Brasil)

Estado paga 1ª parcela do 13º salário nesta quinta-feira

A Secretaria da Fazenda vai pagar a primeira parcela do 13º salário dos servidores do Estado nesta quinta-feira, 6 de julho. A confirmação é do titular da pasta, Mauro Filho.
Conforme o secretário da Fazenda, serão liberados R$ 410 milhões. A medida vai beneficiar 162 mil servidores, segundo a Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag).
A expectativa é de que o pagamento dessa parcela do 13º salário sirva para aquecer a economia neste clima de alta estação.
Sobre a situação financeira do Estado, Mauro Filho deixou claro: “O Estado mantém a estabilidade e o rigor no pagamento dos servidores. É o único que tem calendário pré-definido até o final do ano.”

Via Expressa – Obras dos túneis começam na próxima terça-feira

Maquete dos futuros túneis da Via Expressa.

Da Coluna Vertical, do O POVO desta quarta-feira:

Sobre cobrança destra Vertical relacionada às obras dos túneis da Via Expressa (Avenida Henrique de Saboia), o prefeito Roberto Cláudio (PDT) informa:

“As obras para a construção do túnel longitudinal, no trecho entre as avenidas Padre Antônio Tomás e Santos Dumont, terão início na próxima terça-feira.”

Ele explica que as intervenções serão necessárias para a implantação do corredor Parangaba/Papicu, além de viabilizarem a passagem do VLT com a conclusão da linha que interligará os bairros Mucuripe e Parangaba.

Já o segundo túnel terá obras iniciadas em agosto e ficará na avenida Alberto Sá sob a Almirante Henrique de Saboia. Os dois túneis, segundo RC, estão orçados em R$ 67 milhões.

A AMC fará bloqueio da via, a partir de zero hora da próxima segunda-feira.

Comunidades do Bom Jardim fazem o “Arraiá do Sim à Vida”

Duzentas e quarenta crianças do Programa de Prevenção às Drogas do Movimento Saúde Mental Comunitária vão cair no “Arraiá Sim à Vida”, das 9 às 13 horas desta quarta-feira. A festa junina, com casamento matuto e quadrilhas, acontecerá na Comunidade Marrocos, no bairro Bom Jardim.

As crianças e adolescentes, de 7 a 14 anos, são das comunidades do Bom Jardim e Siqueira, de Fortaleza, e do Horto, de Maracanaú (RMF). Será uma “festança” com merenda de milho verde e encerramento com almoço de integração dos quatro núcleos do programa, informa a organização.

Abordagem

O programa de prevenção às drogas e fortalecimento dos serviços sociais de saúde, Sim à Vida, é realizado pelo MSMC com o co-financiamento da CBM da Alemanha e da União Europeia. Trabalha a arte, a música e o espetáculo nas ação de prevenção às dependências.

A socioterapia trabalha o autoconhecimento, a autoestima e as múltiplas inteligências (artística, pictórica, cinestésica, etc). A manifestação da cultura junina é um desses momentos ricos de fortalecimento cultural.

SERVIÇO

Local – Rua Regivaldo França, 122. (Marrocos) – Bom Jardim.
Contatos – Elizeu de Sousa – 99989.9012 zap ou 99245.9161.

Fies vai descontar até 30% do salário do recém-formado

247 3

O governo do presidente Michel Temer (PMDB) anunciará um novo modelo do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para o ano que vem. Terá regras mais duras para quem precisa de empréstimo para pagar a faculdade, em razão da alta inadimplência. A informação é da Folha de S.Paulo desta quarta-feira.

Estudantes pobres, que são o principal foco do programa, vão encontrar mais dificuldade na hora de quitar o financiamento da faculdade.

Pela nova regra, será necessário autorizar, no momento do contrato, o desconto obrigatório de até 30% dos futuros salários para devolver o empréstimo.

Caso a pessoa não consiga um emprego, o governo terá que definir um prazo para acionar as garantias (fiador e fundo garantidor). Esse limite deverá ser de apenas alguns meses, de acordo com a atual proposta do governo.

Preso suspeito de ordenar ataques criminosos no Ceará

Apontado como mandante de parte dos 71 ataques contra prédios públicos, ônibus e agentes de segurança no Ceará, em 2016, o carioca Sandro Cosme Campos, 45, foi capturado pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), em São Paulo. Ele foi localizado no último dia 27, na própria residência, no município de Ribeirão Preto. Sandro seria um dos líderes de uma facção criminosa paulista.

De acordo com titular da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS), André Costa, o suspeito estaria por trás das ordens para os ataques à Câmara dos Vereadores e ao Fórum de Sobral, à Câmara dos Vereadores de Itapajé, das ações contra a sede da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF), o prédio da Secretaria da Justiça (Sejus), além das delegacias e quartéis de polícia do Estado. A motivação seria uma tentativa de “demonstração de força”.

“Ele tem um elevado grau de hierarquia dentro de um grupo, uma facção criminosa, e foi o principal articulador de vários ataques realizados no ano passado”, destacou o secretário. Segundo Costa, a demora na prisão se deveu à investigação, que “leva tempo. Não é fácil você descobrir, obter provas da prática de alguns crimes e conseguir prender”. As informações foram divulgadas em entrevista coletiva na SSPDS, ontem.

O secretário, porém, não revelou quais elementos foram colhidos durante a apuração que apontam para a responsabilidade do suspeito, também conhecido como Ceará. “São detalhes que a gente não pode passar. São provas que a gente colhe para a identificação de outros indivíduos. Já temos uma forma de investigar isso e não entramos em detalhes”, disse. “Somos transparentes até onde podemos ser”.

O suspeito responde por roubo a banco nos estados da Bahia, Goiás e Piauí, além do Ceará, onde possuía mandado de prisão em aberto desde 2014, por tráfico e associação para o tráfico, com base no qual ele foi preso. Somente após a conclusão da investigação ele deve ser indiciado pelos atentados.

À época das ações de 2016, registradas em três ciclos, entre março e dezembro, 43 prisões e apreensões foram efetuadas no Estado. Porém, os mandantes das ações, que estavam fora dos presídios, não haviam sido presos até agora.

Já sobre os ataques a ônibus registrados neste ano, conforme o secretário, nove flagrantes foram realizados, alguns deles com mais de uma pessoa presa. “A gente já fez várias prisões e nunca apresentou ninguém com esse grau de comando. Então, a gente tá apresentando porque realmente há provas. A gente tem uma convicção do grau de responsabilidade que essa pessoa tem diante desses ataques”, afirmou.

(O POVO – Repórter Thiago Paiva/Foto – Fábio Lima)

Operação Via Livre – Operadores são demitidos

Cerca de 100 funcionários que trabalham no monitoramento de trânsito na Operação Via Livre, junto à Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), foram demitidos ontem. Conforme Wladimir Stênio, presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Sistema de Operação, Sinalização, Fiscalização, Manutenção e Planejamento Viário de Fortaleza e Região Metropolitana (Sindviários), a categoria foi informada que o Consórcio Via Livre, que mantém a operação desde 2014 em Fortaleza, irá descontinuar as atividades na Capital.

“Questionamos os representantes do consórcio e eles não nos informaram o porquê. O que apuramos depois com os trabalhadores é que a empresa vinha mantendo os salários em dia, mas que a Prefeitura não estaria fazendo o repasse para o pagamento dos agentes há cerca de dez meses”, afirma Wladimir. Os trabalhadores assinaram os avisos prévios de 30 dias e devem ser desligados depois disso.

O presidente disse que o Sindviários deve apresentar denúncia sobre a demissão coletiva no Ministério Público do Trabalho (MPT-CE) e na Câmara Municipal de Fortaleza. “Há três meses outros 40 funcionários do Via Livre já tinham sido demitidos. Dessa vez, vamos tentar reverter, não só pela categoria, mas para que a população não seja penalizada, porque entendemos que esses trabalhadores cumprem uma função importante no trânsito de Fortaleza, nos desvios de grandes obras, no ordenamento em eventos, nos principais cruzamentos. Não têm agentes de trânsito o suficiente, sem eles vai ficar um caos”, acredita.

A Prefeitura não comentou as demissões e como isso impactará nas operações de trânsito em Fortaleza. Por meio de nota à imprensa, sem confirmar se há atrasos de repasses ao consórcio, nem há quanto tempo a situação estaria acontecendo, a gestão admitiu que há “problemas técnicos” “no contrato entre a Prefeitura e a Via Livre”. “A administração está avaliando se vai tentar resolver essas questões ou se vai realizar nova licitação”, informa.

O POVO tentou contato com a assessoria de imprensa da Serttel, uma das três empresas que compõem o Consórcio Via Livre Fortaleza, juntamente com empresas Via Livre Fortaleza e Trana Construções LTDA, mas as ligações, feitas na noite de ontem, não foram atendidas. Os contatos das demais empresas não foram obtidos.

(O POVO – Repórter Domitila Andrade)

Trump e Merkel conversam por telefone sobre mudanças climáticas antes do G20

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, teve uma conversa por telefone com a chanceler alemã, Angela Merkel, antes da cúpula do G20 em Hamburgo, na Alemanha, informou a Casa Branca.

“Numa extensa discussão, os líderes abordaram as questões climáticas, a Iniciativa de Financiamento das Empreendedoras da Mulher e o comércio, incluindo a capacidade global do aço,” disse a Casa Branca em comunicado.

Embora a declaração da Casa Branca não tenha mencionado isso, um porta-voz do governo alemão informou que uma reunião entre Merkel e Trump “provavelmente acontecerá no início da noite desta quinta-feira [6]”, antes da Cúpula do G20 que ocorrerá na sexta-feira (7) e no sábado (8).

O telefonema entre os dois líderes ocorreu dias depois de Merkel prever conversas muito difíceis sobre as mudanças climáticas e o comércio durante o encontro.

“Quem quer que acredite que os problemas deste mundo possam ser resolvidos pelo isolacionismo e o protecionismo está cometendo um tremendo erro,” disse Merkel em discurso no Parlamento alemão.

Uma das maiores críticas da decisão de Trump de retirar os Estados Unidos do Acordo de Paris, a chanceler classificou o tratado climático de irreversível” e inegociável.

“Nós iremos e devemos enfrentar esse desafio existencial,” disse ela. “Não podemos e nem esperamos até que todas as pessoas do mundo possam estar convencidas das mudanças climáticas por meio de evidências científicas”.

(Agência Brasil)

Sinteti envia nota contra ações da PM na Greve Geral da sexta-feira

Em nota enviada ao Blog, a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Transporte Rodoviário de Passageiros Intermunicipal e Interestadual do Estado do Ceará (Sinteti) repudia ações da Polícia Militar, ocorridas na última sexta-feira (30), durante manifestações pela Greve Geral em Fortaleza. Confira:

“Trata-se de um ato nacional que, na capital cearense, reuniu cerca de 50 mil trabalhadores. Enquanto um grupo de sindicalistas marchava pela AV. Duque de Caxias, dois disparos foram efetuados, fato que deixou alguns manifestantes assustados. Nesse momento, o diretor do Sinteti correu, assim como outros participantes do ato, e em meio a correria, um trabalhador, representante dos rodoviários passou pelo constrangimento de ser algemado em via pública, além de ser encurralado numa viatura, sem explicação alguma. Na mesma ocasião, uma advogada que acompanhava o protesto e foi em defesa do sindicalista foi agredida verbalmente e empurrada pelos PMs. Na delegacia, o condutor explicou ao inspetor que o diretor havia sido detido porque estava correndo, fato que demonstra o despreparo da Polícia Militar.

Outras ações truculentas da PM foram registradas. No bairro Benfica, os manifestantes foram interceptados por equipes de elite da PM, duas pessoas foram detidas, entre elas um diretor do Sindicato da Construção Civil. Na rua Senador Pompeu, houve mais um confronto entre manifestantes e policiais militares. Por lá, os participantes protestavam contra a detenção de um jovem. Mais uma vez a PM usou a brutalidade efetuando vários disparos em via pública, esquecendo que muitos pais estavam com crianças no ato.

A diretoria do Sinteti está solidária para com as vítimas desses policiais militares e, em face desta perseguição ao direto de luta, em um país tido como democrático, repudiamos a medida inadequada dos militares que deveriam estar preparados contra o crime organizado que cresce sem proporção no Estado. Os trabalhadores estão nas ruas contra as reformas da Previdência e Trabalhista.

Defesa de Temer será entregue nesta quarta-feira na CCJ

Com a indicação do deputado Sérgio Zveiter (PMDB-RJ) para a relatoria da denúncia contra o presidente Michel Temer na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, a defesa do presidente será entregue na tarde desta quarta-feira (5), às 15h, na CCJ, pelo advogado de Temer, Antônio Mariz. A informação foi dada pelo vice-líder do governo, deputado Carlos Marun (PMDB-MT), ao informar que o presidente só aguardava a indicação do relator para apresentar a defesa.

Marun disse que o governo tem pressa na tramitação e na conclusão desse processo. Ele informou que a base governista vai garantir quórum para a realização das sessões da Câmara na sexta-feira (7) e na segunda-feira (10). Para que as sessões sejam realizadas, são necessários pelo menos 51 deputados presentes. Pela Constituição, a CCJ tem cinco sessões da Câmara para apreciar a denúncia contra o presidente e votar o parecer do relator. O plano dos governistas é votar o parecer na CCJ quarta-feira (12) da próxima semana, e no plenário da Câmara na sexta-feira (14) seguinte.

O deputado Sérgio Zveiter (PMDB-RJ) disse, após ter seu nome indicado para a relatoria da denúncia contra Temer, que vai estudar a matéria a partir de agora e que agirá com independência. “Eu tenho total independência, tranquilidade e me considero com capacidade de estudar essa matéria. Pretendo cumprir estritamente o que prevê a Constituição e o regimento interno da Câmara”.

(Agência Brasil)