Panfletos de campanha contra a maconha geram protestos

panflettoo

pafltoto

campanha publicitária contra a descriminalização da maconha, o que é tocado pelo Movida, está rendendo protestos para o movimento em vários segmentos. A forma da mensagem veiculado em alguns panfletos é o motivo disso. Zenóbio Freitas, leitor do Blog, manda nota expondo sua revolta com panfleto alusivo a piloto de aviação. Confira:

Caro Eliomar de Lima,

Sou leitor assíduo do seu Blog e gostaria de manifestar minha indignação a respeito de uns panfletos que, além de estar rodando nas redes sociais, o vi em alguns outros meios de comunicação. Que a sociedade seja convidada a participar da legalização ou não da maconha, acho de estrema importância, até porque torna-se um debater democrático e participativo. Agora, usar profissionais – principalmente os que lidam com vidas diariamente, como exemplos é um absurdo.

Sou piloto e me senti constrangido ao ler este panfleto. Como tenho certeza de que outros profissionais também, é de extremo mau gosto o comentário infeliz: Como você se sente antes de adentrar em uma aeronave lesse esse panfleto? Como você se sentiria ao entrar num hospital? Ficou nítido que fazemos uso desse tipo de entorpecentes e que, caso legalizados, iremos usá-lo de forma aberta e até escrachada. Mais uma pergunta, você cidadão que estar a ler esse manifesto em nota, qual a credibilidade que você daria a pessoas que abrem uma campanha mostrando total despreparo?

Fica aqui registrado a minha indignação como profissional. É cabível de uma ação judicial.

Sem mais,

* Zenóbio Freitas, piloto de aviação.

zenobiofreitas2014@yahoo.com.br

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

6 comentários sobre “Panfletos de campanha contra a maconha geram protestos

  1. Caro Eliomar:

    A campanha contra a maconha é oportuna e o panfleto acertou na mosca!
    O Piloto Zenóbio entendeu mal, ou então é favor da sua legalização.

    Se a maconha for legalizada, todos podem usa-la e não só os pilotos, mas também comerciantes, advogados, médicos, juizes, estudantes, padres, etc.

    O exemplo escolhido mostra o risco do uso dessa droga.

    Imaginemos que um médico entenda que fumando um “baseado” antes de sair de casa para fazer uma cirurgia, lhe faz bem, aguça seus sentidos, etc… ?

    Ou um Advogado que entenda fumar um cigarro de maconha antes de entrar no Forum para fazer um Júri, porque a erva lhe deixaria mais relaxado ou fluente ?

    Ou um piloto que antes do vôo, ao sair de casa, usasse a maconha para lhe manter ativo, vivo, atento, etc….

    Enfim, cada um diria que fumou antes por entender que a maconha melhoraria seu desempenho.

    Portanto, o exemplo do panfleto é possível sim, desde que legalizada a maconha.

    Aliás, tem muita gente que fuma um cigarro comum, antes de uma atividade, como relaxante, ou a pretexto qualquer.

    Desculpe o piloto Zenóbio por discordar da sua censura à campanha.

  2. Prezados,

    A campanha comete um verdadeiro assassinato contra o raciocínio lógico.

    Desde quando se pode concluir que o fato de uma droga ser liberada implica em que profissionais que lidam com a vida humana irão ingeri-la justo momentos antes de trabalhar?

    Se assim o fosse, uma vez que o álcool é uma droga legal e afeta profundamente o estado de consciência e os reflexos, devemos concluir que os pilotos estão a conduzirem aeronaves e os médicos, a realizarem cirurgias embriagados?

    A inteligência humana merece mais respeito.

  3. Caro Leitores,
    Gostaria de saber porque tantos argumentos, devemos ter coragem de falar em público que somos à favor da maconha quando já fazemos uso dela de forma ilegal, só gostaria de saber quais são os benefícios de liberar a maconha? se for só por liberar então libera todas as drogas. Vamos deixar o BRASIL um país muito doido, assim pode ser que os brasileiros tomem consciência e deixem de votar desse povo que fazem leis absurdas.

  4. Acho que as pessoas que estão a promover esta campanha deveriam sugerir o nome de suas genitoras como usuárias encubadas, acho sim que é cabível de processo. Prova a incapacidade dessas pessoas de estarem a frente de um assunto desses.

  5. Essa campanha só pode ter saído da cabeça de um abestado. O álcool é legal, então devo concluir que um piloto vai tomar uisque antes de pilotar. Muito me admira que uma instituição como o Peter Pan, que pede contribuição para tratar crianças com câncer, gaste dinheiro com anúncios como esse. Deve ter sobrando.

  6. Você entraria numa aeronave cujo piloto acabou de ‘derribar’ 03 burrinhos de cana?
    Ou numa sala de cirurgia fedendo a uísque paraguaio?

    Se o álcool fosse legalizado no Brasil, isso seria comum?

    ¬¬

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um − 1 =