Parque Botânico pode ser alternativo para abrigar animais silvestres

O Parque Botânico do Ceará, situada em Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza), poderá , com 190 hectares de área, poderá receber animais silvestres apreendidos pelo Ibama. Nessa quarta-feira, houve reunião entre o secretário Artur Bruno, do Meio Ambiente e Sustentabilidade, e o superintendente estadual do Instituto, José Wilson Uchoa. 

Do encontro, participaram técnicos desses órgãos que avaliaram essa possibilidade, diante de dificuldades enfrentadas pelo Ibama. Foi criada uma equipe de trabalho envolvendo os setores técnico e jurídico da Sema, Semace e Ibama. Esses representantes redigirão o documento de um convênio, levando-se em conta os aspectos legais. O assunto voltará ao debate na próxima segunda-feira.

“Estamos abertos para o diálogo. A questão da fauna e da flora também é nossa. Neste primeiro encontro, já demos um grande passo para que os problemas sejam solucionados no Centro de Triagem de Animais Silvestre (Cetas)”, disse Artur Bruno. É possível que o Parque Botânico possa abrigar um centro desse gênero.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 − 1 =