POSTURA E OBRAS DA PREFEITA SÃO QUESTIONADAS

Eis um artigo publicado no O POVO desta terça-feira. É assinado pela jornalista Adísia Sá, que questiona posturas e obras alardeadas pela prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins. O título é “Luizianne ri à toa”. Confira:

“Quem escreveu foi Sônia Pinheiro (cai muito bem na crônica social e na política): “O presidente Lula dará o ar de sua poderosa graça no CE para passar aquela força à prefeita Luizianne Lins e ao Governador Cid Gomes já no primeiro semestre deste ano eleitoral. Isso, antes da convenção que homologará Lins como candidata petista à reeleição. Luizianne anda rindo â toa pois deverá exibir em seu palanque o PSB cidista, o PC do B do senador Inácio Arruda e o PMDB do deputado Eunício Oliveira.” Antes de mais nada, que beleza desnuda: partido no Ceará tem dono, quem pode, pode e o resto que se acomode.. . Pois bem, já que estamos em plena andança eleitoral (calendário, pra quê, não é Dra. Sérgia Miranda?) com os blocos todos na rua, aguardemos o presidente… Mas, falemos na Prefeita. A propaganda dos “feitos prefeiturais” está no mundo. Eu fico encantada com o que os marqueteiros dizem. Afinal, mil e quinhentas casas para a população da periferia é fato para se noticiar. Só que não se diz da miséria desta mesma periferia, com casebres caindo aos pedaços, as pessoas atoladas na lama, o lixo tomando conta de todo canto… Também é trombeteada distribuição de fardamento e material escolar para os alunos das escolas da rede municipal. Só que não se diz que muitas dessas escolas também estão desaparelhadas, com seus professores aguardando enquadramento funcional e muitos esperando a contagem de seus títulos para promoção, sem se falar nos que acreditam que um dia gozaram suas licenças prêmios… nem que seja coincidentemente com suas aposentadorias… Anuncia-se a construção do Hospital da Mulher. Só que não se fala no sucateamento dos gonzaguinhas, muito menos no milagre diário de funcionamento do IJF – obra e graça de seus abnegados médicos, enfermeiros e pessoal de apoio. Mais diria, se mais espaço tivesse. Mas fica um lembrete: aproveite a deixa da vinda de Lula, Prefeita e mãos às obras. Infelizmente fruto de olhos voltados para um próximo mandato, considerando que este… é conversa para boi dormir… Foi-se…”

VAMOS NÓS – Alguém concorda com o que escreveu a professora Adísia Sá?

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

43 comentários sobre “POSTURA E OBRAS DA PREFEITA SÃO QUESTIONADAS

  1. Concordo em tudo o que escreveu a jornalista Adísia Sá. Luizianne passou três anos embromando, nada fez e agora posa de bacana, igualzinho a outros do passado, para enganar o eleitor. Mostrou que só tem um projeto: permanecer no poder.

  2. Minha vizinha que é professora do município está rindo à toa após retirar seu extrato bancário e ver os frutos do Plano de Cargos e Carreiras, isto é, aumento nos proventos. Valeu prefeita!

  3. Caro Eliomar,Alguém muito sábio já dizia”Quer conhecer a verdadeira personalidade de alguém??Dê poder….”Concordo com a ProfªAdísia,sou Enfermeira da Prefeitura de fortaleza,o tal PCCS tão alardeado só serviu para muita raiva,como se não bastasse ainda fizeram a proeza de aumentar a carga horária de 80 para 144 horas,pense numa EQUIPE que trabalha!!E digo mais,votei nela e também no Lula(1º mandato),mais tem nada não,as eleições estão aí né Prefeita??!!!Socorro Paz

  4. A nobre jornalista esquece que Luizianne encontrou escolas depredadas, corrupção na merenda, estudantes sem farda, anexos tomando lugar de escolas, creches sem funcionar, servidores desestimulados. Na gestão Luizianne Lins escolas foram reformadas, ampliadas, algumas adquiridas do setor privado e outras construídas. Dos 79 anexos restam pouquíssimos. E a cidade hoje tem um fórum de educação que reúne instituições públicas e privadas. Caríssima jornalista, espero que a sra. procure comparar os números e valorize o imenso impacto na cidadania. Sem falar no do Plano de Cargos e Carreiras do professores. Penso que esta é uma administração que realmente valoriza as pessoas. (Só lembrar que o custo do fardamento para mais de duzentos cinquenta mil estudantes vale por muitas pontes e obras de concreto).

  5. ESSA ADÍSIA SÁ É D+++++++++++++++!!!!EITA MULHER DE VISÃO!DISSE TUDO!!!ESSA LUIZIANE SÓ ESTÁ TENTANDO ENGANAR O POVO MAIS UMA VEZ!FORA LUIZIANE! JÁ ESTAMOS CHEIOS DE TANTA EMBROMAÇÃO E INCOMPETÊNCIA!!!FORTALEZA NÃO AGUENTA MAIS TANTA DESORDEM ADMINISTRATIVA!!!

  6. Acho que a Adísia está sendo muito rígida com a prefeita. Claro que ela tem que alardear as coisas boas de sua administração pois o perfeito é uma busca infindável.

  7. A doutora Adísia nunca escondeu a sua predileção pela política do passado. Adauto Bezerra e sua turma. Será que a doutora não sabe que 40% da demanda do IJF é do interior do Estado?Será que ela não sabe que o IPTU inteiro de Fortaleza não dá para cobrir as despesas do IPTU? Quer dizer, também, que por termos tudo, ela não é capaz de reconhecer os avanços que ela mesma registrou, embora desmerecendo-os?

  8. GRANDE E SÁBIA ADÍSIA SÁ!!!!Sua palavra é que desnuda a realidade, arreganha o cinismo de uma personagem política real e, de quebra, ainda nos faz lembrar os métodos e atitudes do maior personagem de Dias Gomes: Odorico Paraguassu.Infelizmente, a realidade não tem nada de bonito ou engraçado. Ao contrário, é muito triste. E jamais conseguiria fazer-nos rir como a ficção o faz com maestria na figura do prefeito de Sucupira.Mas acima de tudo, a palavra da Mestra desperta-nos a revolta ante tamanho cinismo, desfaçatez e cara-de-pau da prefeita de Fortaleza!É um acinte. A quem ela acha que engana?

  9. Quem em são consciencia vai discordar do que a Professora Adísia Sá bem escreveu e, ainda bem que ela escreveu. Pois quando qualquer um de nós pobres mortais e/ou municípes relata uma simples linha de crítica, em um passe mágica aparecem de todos os cantos dos blogs da cidade, os “cumpanheiros” defensores desta “neo-midiática” gestão, que quer nos forçar “por fina força” a acreditar em estórias de trancoso.

  10. E o que a “cumpanheira” Srª Prefeita ainda propaga que vai fazer neste ano corrente de 2008 é algo ainda mais fantástico, com investimentos da ordem de 987 milhões de reais,em 7 projetos de referencia dentre os 21 listados pelo PLAMEFOR.(Por favor não confundir com o PLANEFOR). E o maís incrível é que nenhum destes projetos esta listado no Orçamento Municipal 2008. Então vai ser uma verdadeira obra de milagres.

  11. Quem foi que disse que os anexos foram susbtituídos por escolas definitivas? Onde estão as mesmas? Quem foi que disse que escolas foram reformadas? O que dizer da escola municipal do Caça e Pesca cuja quadra esportiva veio abaixo há pouco mais de 2 meses e continua no chão? Em contrapartida ineventam-se todos as semanas planos fantásticos, de milhõe de reais, que não existem e nunca serão realizados unicamente para vender ilusões através da midia. O Plano “fantástico” de Requalificação da Praia de Iracema custará a bagatela de 100 milhões de reais. Em compensação o Centro Cultural Estoril, no Município de Fortaleza, foi abandonado pela própria administração municipal.

  12. Adisia Sa esta desde o ano passado servindo de cabo eleitoral para Patricia Saboya Jereissaty…Acho q a Professora pensa que receberá um cargo importante caso sua amiga seja Prefeita e governe juntamente com Tasso Jereissati e sua banda…Vai pra lah professora…pq vc nao fala do Moroni tb?!

  13. E já apareceu um “cumpanheiro” defensor nas postagens, com usual tática de sempre de tentar desqualificar a Professora Adísia Sá. Que é que isso “cumpanheiro”. O “cumpanheiro” não tem argumentos não? Só fica no ataque pessoal? A crítica da jornalista está corretissima e embasada.

  14. Nem o BIDFOR, programa de qualificação do transporte público, que foi inventado na Gestão Juracy Magalhães há quase 10anos atrás, conseguiu sair do papel. Mudaram o nome do programa para TRANSFOR, os recursos emprestados pelo BID já perderam o valor, inventaram-se mil e uma justificativas e nada do mesmo deslanchar! E a midia oficial ainda tem a petulancia de dizer que tudo caminhando a contento. O programa que valia R$ 356 milhões hoje só vale R$ 246 milhões e a Prefeitura nunca depositou um centavo da contrapartida. Terrenos que já foram desaperopriados na gestão passados estão sendo ocupados de novo e a fiscalização da PMF nada faz. Será o modo “cumpanheiro” de administrar?

  15. Prometeram 7 CUCAS/ Centro de Arte e Cultura, orçados em 45 milhões de reais e até agora nenhum dos mesmos teve sequer seus projetos finalizados. O Clube de Regatas Barra do Ceará que foi desapropriado para colocar o CUCA Barra do Ceará já está lá, totalmente invadido. O projeto resultante de um concurso nacional de projetos de Arquitetura organizado pelo IAB Nacional nunca foi pago. Excesso de estórias de trancoso!!!

  16. E esta agora de ir para Brasília pedir ao “cumpanheiro” Presidente Luis Inácio a nomeação do Dr. Lúcio Alcantara, para garantir sua tentativa de ir ao segundo turno é muito mesmo!!!

  17. Sr.Eliomar, vamos imaginar a seguinte situação: a propaganda da Prefeitura informa que foram realizados trabalhos de manutenção e retirada de lixo nas ruas da periferia; que os funcionários da área de educação tiveram algumas vantagens salariais; que os gonzaguinhas e o IJF receberam melhoramentos que permitem agora um melhor atendimento. Então o artigo da ADÍSIA SÁ seria assim: “que adianta limpar as ruas se as pessoas não tem casa para morar? a Prefeita resolveu o problema dos professores mas os alunos carentes não tem nem fardamento adequado; está cuidando dos gonzaguinhas e do IJF quando deveria se empenhar era para construir o Hospital da Mulher, quando resolveria muitos problemas do setor de saúde”. Alguém duvida que seria assim? Sr.Eliomar, a pessoa ter espaço em jornal para escrever que tudo está errado é muito fácil. Cadê que ela fala que desde janeiro de 2005 a passagem de ônibus não aumenta em Fortaleza? Claro, ela tem carro próprio. Gostaria que essa senhora estivesse lá na Prefeitura só prá ver o que ela faria.

  18. SALVE,SALVE,GRANDE ADÍSIA SÁ!QUE TER-MOS UMA OBSERVADORA TÃO ATENTA COMO A MENINA ADÍSIA!E NÃO ADIANTA ALGUMAS PESSOAS AQUI NESSE BLOG TENTAREM DESQUALIFICAR A PESSOA DE ADÍSIA SÁ,NÂO!ADÍSIA NÃO DEPENDE DE PADRINHOS OU CARGOS DE POLÍTICOS PARA SER O QUE É!ADÍSIA SÁ TEM INDEPENDENCIA E CREDIBILIDADE A TODA PROVÂ!NÃO ME VENHAM COLOCAR AMIZADES PESSOAIS DA PROFESSORA ADÍSIA PARA TENTAR DESQUALIFICAR O SEU ARTIGO QUE SÓ CONTÉM VERDADES!PERDEM TEMPO OS DEFENSORES ALIENADOS DA PREFEITA LUIZIANE EM TENTAR DESQUALIFICAR ESTA GRANDE MULHER CHAMADA ADÍSIA SÁ QUE MUITO ORGULHA O POVO CEARENCE!LUIZIANE E SUA CURRIOLA DE INCOMPETENTES ESTÃO DESESPERADOS POIS SABEM QUE VÃO PERDER A BOQUINHA DAS MORDOMIAS PAGAS COM O NOSSO SUADO DINHEIRINHO!FORA LUIZIANE,CHEGA DE BAGUNÇA NA ADMINISTRAÇÃO DA 5ª CAPITAL DO PAÍS!!!

  19. A PROFESSORA ADÍSIA SEMPRE FAZ COLOCAÇÕES COM GRANDE SABEDORIA. MAIS UMA VEZ ELA MOSTRA EM POUCAS LINHAS A REALIDADE DE NOSSA CIDADE. FALAR QUE ADÍSIA SÁ É UMA MULHER QUE CULTIVA O PASSADO É ALGO COMPLETAMENTE SEM SENTIDO, POIS TODO MUNDO SABE QUE ELA SEMPRE FOI UMA MULHER A FRENTE DE SEU TEMPO. A PREFEITA FAZ PROPAGANDA DE DISTRIBUIR FARDAMENTO ESCOLAR. ELA RECEBE VERBA DESTINADA CONSTITUCIONALMENTE PARA ESSE FIM!! NÃO FEZ MAIS QUE SUA OBRIGAÇÃO. FALA QUE ENTREGOU 1500 CASAS, MAS TODO MUNDO VÊ QUE SEMPRE SÃO CONSTRUIDAS NOS PONTOS MAIS INSALUBRES DA CIDADE. ESSE HOSPITAL DA MULHER AINDA NÃO SAIU DO PAPEL E OLHA QUE JÁ ESTAMOS NO FINAL DA ADMINISTRAÇÃO. INTERESSANTE COMO A SRA ALEXANDRINA MOTA, QUE SE COLOCA AQUI COMO VIZINHA DE UMA PROFESSORA, DEFENDE A PREFEITA COLOCANDO DADOS DO PLANO DE CARGOS E ATÉ TOTAL DE ALUNOS RECEBENDO FARDA. PARECE MUITO DETALHE PARA QUEM NÃO É SERVIDOR. SE A VIZINHA DELA TEVE TEMPO PARA PASSAR TANTOS DETALHES É HORA DE PENSAR QUEM ESTAVA DANDO AULA NESSA HORA.

  20. Meu Deus, quanta asneira desse Anônimo das 16:59 hs…Pelo escrito se tira o “nível” dos apoiadores (ou até recebedore$) da prefeita. Cruz Credo.Precisam dizer pra esse cidadão (ou cidadã, sei lá) que a dita prefeita foi eleita pra TRABALHAR MESMO em prol da cidade e sua população. Portanto, cuidar para segurar o preço das passagens não passa de obrigação dela. (Aliás, às custas também do empresariado de transportes, ne?)Fazer casas populares (em 3 longos anos, muito poucas, por sinal) está dentro das atribuições dela. E o que mais???? (tarefa difícil)Portanto, entenda que a prof. Adísia Sá não tem nada que estar fazendo propaganda pra prefeita nenhuma, principalmente porque nunca fez pra ninguém. É uma jornalista séria e que honra a classe profissional a que pertence.Antes de chegar ao poder, os petistas foram incansáveis no seu ofício de enxovalhar reputações, e usavam sempre suas calúnias como plataforma política. Agora, além de destruir seu discurso de monopolista da ética, e de demonstrar uma voracidade espantosa pelo dinheiro público, têm uma atitude arrogante e prepotente diante de críticas que lhes fazem. Sérias e justas como as da grande jornalista. Teria sido melhor para a prefeita ficar quieta. Se não fez o dever de casa, que tivesse o mínimo de simancol e procurasse não aparecer. Mas querer tratar a todos como se burros fossem, mentindo descaradamente, tenha a santa paciência. Nada mais justo, coerente e legítimo do que reagirmos. Como exemplarmente o fez Adísia Sá.Cris

  21. Concordo plenamente com a jornalista. Adísia Sá é uma das poucas pessoas com discernimento e capacidade de crítica em relação a essa administração.A propaganda oficial sempre fala das mesmas obras e dos mesmos feitos, mas o resto permanece esquecido. O tão propalado Hospital da Mulher, promessa de campanha, nunca saiu do papel. As ruas de Fortaleza estão acabadas. A fiscalização do trânsito não existe e até o “Disk silêncio” não funciona e não socorre o cidadão quando mais precisa de sossego.Muita coisa ainda tem que melhorar. Mas, como disse a jornalista, “foi-se”…

  22. UAAAAAAUU!!! Parabéns, Profª. Adísia, a senhora botou fogo no blog do eliomar… Competência tem nome: ADISIA SÁ.Isto tudo é o reflexo do comportamento digno e profissional que permeou seu caminho no jornalismo. Sempre coerente com seus valores e distante das tentações adesistas de qualquer coloração ou balcão. Quando tem de criticar, não cala a voz. Quando tem que apontar erros, não teme represálias. Sua consciência é sua bússola.Faz lembrar a propaganda daquele cartão: “tem coisas na vida que não têm preço”. Isso vale pra sua coerência, sua retidão de carater,sua palavra firme e destemida, sua credibilidade, enfim, o sacerdócio com que pratica seu jornalismo.Sou sua fã de carteirinha.Tereza

  23. É impressionante a arrogância dos donos da verdade e da moral, enviados de Deus para salvar o mundo e julgar tudo e a todos. Esse pessoal do PT (partido da boquinha) devia pensar duas, três, mil vezes antes de tentar desqualificar um exemplo de dignidade, cidadania e ética, que é Adísia Sá.Tenham vergonha. Paciência tem limite.Adísia é mais honra que todos estes pré-candidatos juntos.E antes que alguém tente me rotular de qualquer coisa, ou de aliado de A, B ou C, vou logo dizendo que não faço parte dessa raça de aproveitadores baratos.Nunca postei nada antes mais desta fez não pude agüentar.

  24. Tenho muito respeito pela jornalista Adísia Sá, no entanto, discordo quando ela fala em “É conversa pra boi dormir”. No seu artigo ela diz que Partido no Ceará tem dono…que eu saiba o Partido dos Trabalhadores não tem dono, inclusive acabou de realizar eleições diretas para seus representantes. Em outro parágrafo ela fala das pessoas atoladas na lama… então não é conversa pra boi dormir a retirada de mais de cem famílias da favela Maravilha (pode-se ver lá do Hospital da Unimed) e a mudança para apartamentos de 2 e 3 quartos lá no Vila União… quanto ao fardamento e material escolar é só parar e observar nas ruas os estudantes das escolas municipais se dirigindo para a aula, inclusive já ví muitas vezes pais utilizando a mochila dos filhos indo para o trabalho. O Hospital da mulher é uma reivindicação antiga do movimento de mulheres. Portanto, acho que a nobre jornalista foi muito rígida e teve má vontade para com nossa prefeita. Sugiro que ela procure checar as informações da prefeita, antes de alardear que é conversa pra boi dormir.

  25. (Cris/17:45) Antes de atacar as pessoas você deveria entender o que foi escrito, qual o sentido do que você leu. Infelizmente parece que você tem certas “limitações” que não permitem travar uma discussão civilizada, visto que o seu grau de entendimento parece ser (< 1).

  26. Respondo:Não sei qual sua dúvida sobre meu entendimento de seu comentário. Pelo que se depreende, você quase quis pautar o artigo da jornalista. O que falta você entender é que a Prof. Adísia Sá está no seu papel de profissional de imprensa (numa democracia, claro): denunciar o que está errado, expressar-se livremente sobre o que não concorda, o que a incomoda. Ela expressa uma opinião com a qual compartilho: em tres anos de mandato, o rol de ações da prefeita é pífio, é fraco, não corresponde à expectativa que a população nutria quando votou nela. Depois de três anos, voltar com as mesmas promessas de campanha, como o hospital da mulher? Me poupe.Por que preferiu passar 3 anos dando uma de cigarra? Agora, que o inverno se aproxima, quer recuperar o prejuízo… Por isso, tá certa Adísia Sá: “é conversa pra boi dormir”.Ah, não concordo com a acusação de limitações para travar um debate. Não tenho nenhuma. Alguns é que têm limitações para expressar opiniões, para formular um raciocínio lógico, para concatenar as idéias. Portanto, não é justo achar que o problema está nos outros.Cris

  27. Cara Alexandrina Mota. Me desculpe contestar sua informação, mas o Projeto de Requalificação da Favela Maravilha foi inteiramente concebido e negociado quanto ao seu financiamento com a Caixa Economica, na gestão Juracy Magalhães. Inclusive o mesmo já estava iniciado quando está gestão atual se iniciou. O que a SrªPrefeita fez neste caso foi pegar o bonde andando. Em outros casos o bonde foi retirado totalmente a linha como no Projeto Costa Oeste, subsituido por uma proposta identica e similar com outro carimbo, mas por conta de atecnias levou a perda de 44 milhões de reais pelas comunidades da Costa Oeste. E risco de perda do que lá foi implantado.

  28. E há situações a esclarecer. No caso do tio terreno do Hospital da Mulher, no antigo Joquei Clube, o mesmo foi adquirido recentemente pelo consórcio Marquise/ Diagonal/ Rossi Engenharia(De São Paulo) para um grande emprendimento. Agora a midia municipal “diz” que o terreno vai ser doado por um “acordo”. Que acordo é esse e que tipo de doação é esta? Nunca se viram tantos “acordos estranhos” nesta cidade. É caso para se pensar direitinho!!! Tem algum grupo empresarial benemérito nesta cidade? Que algum dia tenha feito uma doação voluntária?

  29. Parabéns, Profª. Adísia tinha que vim da senhora mesmo porque outro jornalista o Jornal o povo não tinha coragem de fala isso porque todo mundo sabe que o jornal O Povo é Luiziane ate a morte, mais temo s a senhora para em poucas e sabias palavras coloca que muito fortalezense pensa.Desculpa “Anônimo pelo plagio” mais tinha que coloca isso de novo!Isto tudo é o reflexo do comportamento digno e profissional que permeou seu caminho no jornalismo. Sempre coerente com seus valores e distante das tentações adesistas de qualquer coloração ou balcão. Quando tem de criticar, não cala a voz. Quando tem que apontar erros, não teme represálias. Sua consciência é sua bússola.

  30. Quanto aos conjunto habitacional de apartamentos da Vila União, quando a atual gestão assumiu os mesmos já estavam integralmente prontos só em fase de retoques de pintura.Alguns moradores já tinham até recebido os mesmos.No caso é um excesso de inverdade sem tamanho dizer que os mesmos foram realizados agora. Com a palavra o antigo gestor Eng. Fernando Cavalcante que dirigia a Habitafor, nova designação da Comissão Municipal de Habitação.Pelo qua consta a Habitafor, hoje dirigida pela Socióloga Olinda Marques, gosta mesmo é fazer reuniões para discutir programas e perspectivas, mas de concepção de soluções de urbanismo e arquitetura e realizações de engenharia, em três anos, não realizou ABSOLUTAMENTE NADA.

  31. Fardamento para estudante, assim como livro escolar e complementos, inclusive transporte e merenda escolar é feito através de repasse constitucional obrigatório. É verba carimbada oriunda do Governo Federal.

  32. Limpeza pública e varrição, assim como limpeza de canais, pintura de meio fios, desemtupimento de bocas de lobo e galerias, não é realização nova e sim manutenção da cidade. Assim como caiação de escolas públicas que está sendo chamada de reforma. E os novos postos de saúde prometidos. Nenhum, por enquanto. Quatro se arrastam em construção. Realização mesmo de porte e significado, guardadas as devidas proporções só os reveillons de 2007 e 2008. E as peças de midia em televisão que nos bombardeiam todos os dias, com “realizações fantásticas”. Me poupe!!!! A Prof. Adísia Sá está cobertissima de razão e os “cumpanheiros” deveriam ter um pouco mais de respeito com as pessoas, por esta falta de educação e grosseria, em atacar quem quer que seja tem limites. Abaixo a baixaria gratuita!!!Vamos ao debate esclarecido?

  33. A cidade é hoje é o maior empreendimento humano, onde se concentram, no caso brasileiro, mais de 80% de nossa população é uma dinamica que necessita de siuações para habitação(controle de uso e ocupação do solo), trabalho(organização da logistica), circulação(Ruas, pontes, viadutos, sistemas de transporte) e lazer e fruição do ócio(praças, parques e preservação de espaços livres e verde). Vide Cartas de Atenas. 1931. CIAM/ Congresso Internacional de Arquitetura Moderna. Planejar e administrar uma cidade não é atividade unicamente “assembleistica”. Os “cumpanheiros” que me desculpem. Onde está o novo Plano Diretor Municipal, “engavetado” por falta de conteúdo da SEPLA/ Secretaria Municipal do Planejamento? Porque onde o Secretário Municipal do Planejamento, Prof. José Meneleu Neto?

  34. Caro José Sales, temos ponto de vista diferentes. Eu fui ao chá de casa da líder dos catadores da favela maravilha e ví a seriedade com que a habitafor tem feito a remoção dessas pessoas. O que existia antes era a primeira parte do Conjunto habitacional que é chamado vulgarmente de carandiru, os que os moradores da favela maravilha estão foram construídos na gestão Luizianne Lins. Mas, o que ocorre é que temos visão diferentes das gestões. Pra mim é muito forte a lembrança das denúncias feita pela imprensa contra nelba Fortaleza, utilizando esses imóveis construídos pela PMF, tbm é muito presente a lembrança da merenda escolar, do dinheiro do IPM que foi para o Banco Santos…e por aí vai. Não gosto de ficar relembrando isso, mas sempre que faço elogios a atual administração sou forçada a comparar… e é incomparável. Disponho meu e-mail para que você possa mandar as informações que julgar importantes. alexandrinamota@terra.com.br

  35. Cara Alexandrina Mota. Não estou aqui defendendo a gestão anterior nem as atividades da então Secretaria Nelba Fortaleza e sim afirmando que grande parte das realizações da atual gestão foram ações iniciadas na gestão que passou. E que é uma grande inverdade afirmar e reafirmar que o mundo só começou a girar agora. Uma idéia para se transformar em projeto demora mais de um ano. Um projeto para conseguir recursos leva mais outro ano. Uma obra para ser licitada mais meio ano. E uma obra daquela dimensão para ser realizada mais uns dois anos no mínimo. Somando tudo teremos, no mínimo 4,5 anos. Então colocar os pingos nos “is”. As reinvidicações de Habitação Social são uma luta de décadas: está aí o Beto Cabral de Comissão de Direitos Humanos da Arquidiocese a comprovar isto. As preocupações com a Habitação Social em nosso Estado e nossa cidade são uma trajetória histórica que começou com a PROAFA, mais de três décadas atrás. Dizer e propagar que estas procupações só chegaram à nossa cidade agora é muito “lero lero”. Seria apagar a história. Há 22 anos atrás, na Gestão Maria Luiza a discussão era a mesma.

  36. O que tenho questionado com certa veemencia é tipologia de divulgação adotada e o exagero de números. Esta história de dizer que a prefeitura vai aplicar quase 1 bilhão de reais em investimentos, no ano corrente de 2008, não tem o menor fundamento, pois não existe esta capacidade de investimento, nem a mesma está listada no Orçamento Municipal de 2008. Para que então esta estória midiática toda. A intenção é “jogar areia em nossos olhos”. Vamos ter um pouco de coorencia com os nossos dicursos. Repetir incorrencias reiteradamente para a mesma se transformem em verdade!!!!

  37. Essa Alexandrina Mota mais parece uma das “Aspones” que ficam lá no gabinete da prefeita só pagiando a “Loura”.Parabéns ao José Sales que mostra que sabe o que diz e não fica falando besteira como certas pessoas nesse blog.E VIVA A PROFESSORA ADÍSIA SÁ QUE SABE TRANSMITIR COM PERFEIÇÃO OS NOSSOS SENTIMENTOS E DECEPÇÕES.CHEGA DE LUIZIANE E SUA CAMBADA DE PORRA-LOUCAS!PRECISAMOS DA SERIEDADE E DA COMPETENCIA DE LÚCIO ALCÂNTARA!POR UMA FORTALEZA MELHOR E VERDADEIRAMENTE BELA,LÚCIO PARA PREFEITO!!!

  38. ESPERO QUE O ELIOMAR CHAME A PROF. ADISIA SÁ PARA SER COLABORADORA DO BLOG. NUNCA TINHA VISTO TANTOS COMENTÁRIOS AQUI. CONCORDANDO OU NÃO COM O PONTO DE VISTA DA PROFESSORA SUA CAPACIDADE DE PROVOCAR REFLEXÃO COM AS PALAVRAS É TREMENDA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro + dezenove =