Prefeita e presidente da Caixa entregam residencial

Essa informação é do site da Prefeitura de Fortaleza: 

A prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, acompanhada do presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Jorge Hereda, inaugura nesta sexta-feira, a partir das 16 horas, o residencial Monte Líbano, 3º condomínio entregue pelo programa Minha Casa, Minha Vida em Fortaleza a famílias de baixa renda cadastradas pela Política Habitacional da Prefeitura de Fortaleza. O Monte Líbano foi entregue, durante os últimos três dias, a 256 famílias. Do total de moradias, 16 são adaptadas para pessoas com deficiência.

Os beneficiados financiarão suas moradias em 120 parcelas. Os que têm renda mensal de zero a R$ 500,00 pagarão R$ 50,00 mensais, e o Governo Federal custeará o restante. Aqueles com renda mensal entre R$ 500, 00 e três salários mínimos pagarão 10% de seu ordenado. Seus nomes não foram consultados no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e Serasa e o financiamento segue as regras da CEF.

Antes do condomínio Monte Líbano (que tem de área total 14.506,55 m² e apartamentos que regulam entre 41m² e 43m²), a Prefeitura de Fortaleza, através da Fundação de Desenvolvimento Habitacional de Fortaleza (Habitafor), a CEF e construtoras entregaram outros dois residenciais: o Turmalina, para 120 famílias, e o Santo Agostinho, para 232. Até o fim deste ano, a meta é entregar 368 apartamentos nos condomínios São Bernardo, São Domingos e Independência.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

3 comentários sobre “Prefeita e presidente da Caixa entregam residencial

  1. Das duas, uma, meu caro (e)leitor, senhor Ismael, ou se trata de algum já inaugurado, e batizado com algum nome estrambótico, ou, com toda certeza, deve ainda estar na maquete de algum escritório de engenharia ou de algum técnico da CEF, ou, o que é pior, ainda, meramente nas páginas e imagens de algum computador!
    Afinal, como tão afirmou alguém: “PT: fraude explica”!

  2. Consoante a nova tabela e parâmetros abaixo, publicada esta semana, vejam onde se enquadram os beneficiários de mais esta grandiosa obra e benefício social, levada à cabo pelas (indi)gestões do CorruPTos, digo, do PT:

    “As pessoas com renda familiar per capita entre cerca de R$ 291 e R$ 1.019 são as que formam a classe média brasileira, segundo uma nova definição aprovada ontem por uma comissão da SAE (Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República).

    De acordo com a secretaria, essa classe representa 54% da população brasileira e é a maior do país.

    Dentro da classe média, foram definidos três grupos: a baixa classe média, com renda familiar per capita entre R$ 291 e R$ 441, a média, com renda familiar per capita de R$ R$ 441 a R$ 641 e a alta classe média, cuja renda familiar per capita fica entre R$ 641 e R$ 1.019.

    A classe alta estaria acima de R$ 1.019 e também foi dividida em dos grupos. A baixa classe alta ficaria entre R$ 1.019 e R$ 2.480 e a alta, que fica acima deste valor.

    Os extremamente pobres têm renda per capita familiar até R$ 81 e os pobres, de R$ 81 a R$ 162.

    Para definir os grupos de consumidores, foi usado o critério de vulnerabilidade, que considera a chance do brasileiro de determinada classe social voltar à condição de pobreza. …”.

    Fonte: SAE/Presidência da República Federativa do Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte + seis =