Prefeito defende “parceria administrativa” com governador Camilo Santana

camilrccc

A dupla tem amiudado os giros por Fortaleza.

O prefeito Roberto Cláudio (PDT), que tem discurso muito afinado com o governador Camilo Santana (PT), está defendendo a tese de que a “parceria administrativa” com o Governo só traz benefícios para o Estado e Capital.

“Sempre que a gente perde tempo brigando, com um governo atrapalhando o outro, quem perde é a população. Quando os dois governos se ajudam a gente ganha tempo, a gente ganha prazo”. Ele lembra o caso de licenças para obras, que são dadas pela Prefeitura para o Estado e do Estado para a Prefeitura. Em caso de divergências, alguém pode entravar projetos.

“Se as coisas ainda não estão andando do jeito que a gente quer, imagina se um governo estivesse atrapalhando o outro… Eu acredito que a função de um governante é brigar menos e trabalhar mais”, complementou Roberto Cláudio.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Um comentário sobre “Prefeito defende “parceria administrativa” com governador Camilo Santana

  1. Nos primeiros dias de gestão de RC a PMF pediu diversos sistemas ao Estado.
    Que a Prefeitura copie o modelo da Ouvidoria do Estado do Ceará. Então copie e implante o mesmo modelo da Ouvidoria do Estado do Ceará. http://sou.cge.ce.gov.br/inicialPublico.seam

    Por este canal qualquer cidadão pode fazer seus pedidos de elogios e reclamações. Diversas solicitações são permitidas. E também o acompanhamento.

    Isso não existe na Prefeitura de Fortaleza, que desconhece a existência de Internet.
    Qualquer pedido só pode ser feito pessoalmente e no papel.
    Ou no blog do Eliomar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 − dois =