PRESIDENTE LULA PAGARÁ DIÁRIAS A MINISTROS PARA ACABAR COM AS "SACANAGENS"

“O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta segunda-feira que quer retomar o pagamento de diárias no governo federal como já fez em sua gestão como presidente do Sindicado dos Metalúrgicos do ABC. Em evento que comemora 30 anos da greve na Scania, em São Bernardo (Grande São Paulo), Lula citou um ex-diretor do sindicato –Mariano Palma Vilalta– que na época cuidava da área fiscal.
“Ele [Vilalta] brigou tanto para que as notas do sindicato estivessem em dia que me obrigou a instituir as diárias no sindicato, coisa que eu quero fazer no governo federal para acabar com as sacanagens”, afirmou.
O presidente Lula lembrou durante o evento das manifestações de trabalhadores na época das greves no fim da década de 70 e começo da década de 80 e afirmou que foi um momento importante para a redemocratização do país. Além de Lula, participam do evento os ministros Luiz Marinho (Previdência) e Marta Suplicy (Turismo), além de prefeitos petistas, diretores e ex-diretores do sindicato.
Em março, durante depoimento à CPI dos Cartões Corporativos, o ministro Jorge Hage (Controladoria Geral da União) disse que o presidente Lula deve editar decreto para restabelecer as diárias.”

(Folha Online)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Um comentário sobre “PRESIDENTE LULA PAGARÁ DIÁRIAS A MINISTROS PARA ACABAR COM AS "SACANAGENS"

  1. Quer dizer que o desapego do Lula pelas coisas corretas já vem de longe. Foi preciso o tal Vilalba lutar muito para que ele admitisse organizar as diárias no sindicato, se é que organizou. Imagina como não era a “sacanagem” nesse sindicato. Não admira que ele tenha trazido tanta “experiência” para a sua gestão na Presidência. Se ele próprio admite que tem “sacanagem”, como é que ficam os panacas do governo que defendem até hoje a lisura no usos dos cartões corporativos? Ele só vai disciplinar as diárias de viagens?E como ficam as despesas com o guarda roupa e a despensa do exigente casal? Continuam na base da “sacanagem” sigilosa?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 2 =