Procon Fortaleza já está atento à venda do material escolar

O Procon Fortaleza divulgou pesquisa sobre preço do material escolar e encontrou variações de produtos em até 370%. Um dos casos, constatado em pesquisa feita ono fim de  novembro, foi mochila com carrinhos. Vale lembrar que e lei federal 12.886/13 reduziu os abusos de material escolar.

Produtos de uso coletivo como papel higiênico, detergente, álcool, copos e talheres descartáveis, grandes quantidades de papel, tinta para impressoras, grampeador, grampos e pastas classificadoras não podem ser solicitados pelas escolas, devendo o valor relativo a estes itens ser incluído no cálculo do valor das anuidades.

SERVIÇO

Denúncias de pedidos indevidos podem ser feitas pela telefone 151, nas unidades físicas do Procon, nos Vapt Vupt do Antônio Bezerra e Messejana e também online, pelo site da Prefeitura de Fortaleza e no aplicativo do Procon Fortaleza, disponível para Android e iOS.

(Também com O POVO)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 5 =