Que o vigário da Catedral adote gesto mais acolhedor, apela Padre Haroldo

“Que nosso pároco da Catedral tenha um gesto mais acolhedor!”, apelou, nesta quarta-feira, o padre Haroldo Coelho, ao comentar o impasse criado com a presença de ambulantes no entorno da Catedral Metropolitana de Fortaleza e o vigário do templo, que ameaça suspender missas alegando não ter clima para celebrações.

Padre Haroldo afirma que o vigário da Catedral é um homem compreesivo, dedicado e podera aproveitar essa situação para “criar uma pastoral envolvendo os ambulantes”. Seria uma forma de discitir com eles os problemas provocados pelo comércio na área sem radicalismos.

“Um gesto de acolhimento seria um ato mais cristão e evagélico para com essas pessoas que também precisam sobreviver”, observa o padre Haroldo Coelho. “Ao invés de agir pelo afastamento, adote a prática acolhedora, que é mais cristã”, reitera o religioso.

O Ministério Público Estadual, diante dos problemas, solcitou à Secretaria Regional do Centro que adote providências sobre o caso.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Um comentário sobre “Que o vigário da Catedral adote gesto mais acolhedor, apela Padre Haroldo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + um =