Que tal o prédio do Sindjorce ganhar o nome de Ivonete Maia?

O ex-presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Ceará, Nilto Almeida, está sugerindo que o nome da sede do Sindijorce seja rebatizado. Ele propõe o nome da jornalista Ivonete Maia, que nos deixou há cerca de um mês. Eis a nota:

Caro Eliomar, tudo bem com você?
 
Gostaria de lhe expor a seguinte situação:
 
Propus à diretoria do Sindicato dos Jornalistas, em mensagem enviada a presidente em exercício, Samira Castro, que designasse a sede da entidade de Sede Jornalista Ivonete Maia.
 
Considero uma homenagem justa, pois foi Ivonete quem conseguiu com o ex-governador Virgílio Távora a doação da casa da Rua Joaquim Sá, 545, no bairro Dionísio Torres.
 
Não fora a ação dela, correndo os inevitáveis riscos das críticas, talvez o nosso Sindicato continuasse “hóspede” da Associação Cearense de Imprensa (ACI) até hoje.
 
Embora o Sindicato já a tenha homenageado em vida, creio que nada custa este ato, que antes de se tratar de algo personalista, pretende apenas criar mais um marco na memória  do papel que Ivonete representou em nossa comunidade jornalística. Principalmente pensando nas novas gerações, que esquecem facilmente.
 
A proposta, portanto, é simples, algo similar ao que a ACI fez ao denominar de Edifício Perboyre Silva a sede da Associação que ele tão bem dirigiu.
 
* Com abraços do velho companheiro.
Nilton Melo Almeida.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

4 comentários sobre “Que tal o prédio do Sindjorce ganhar o nome de Ivonete Maia?

  1. Meu carfo Eliomar,

    Sempre tive grande respeito pela colega Ivonete Maia, com quem convivi nas lides jornalísticas e sindicais. Não faço qualquer restrição a homenagem sugerida para dar, a sede do nosso Sindicato, o seu nome. Mas é necessário um reparo histórico: a Ivonete Maia, como presidente do Sindicato apenas recebeu o prédio comprado com recursos doados pelo governo do Estado, cujo governador era na época,Virgilio Távora. Fui eu, Sabino Henrique,presidente, e os companheiros que formavam a então diretoria, Antonio Girão Barroso Ribamar Mesquita, Leda Maria, Calberto Albuquerque e Adisia entre outros, que trabalhamos e conseguimos do governador os recursos cuja liberação, aprovados ainda no nosso mandato, se deu já no mandato na Ivonete. Ressalte-se, inclusive, que a casa foi escolhida pela nossa diretoria.

  2. Ótima idéia!

    A Ivonete merece ser reconhecida e, se o governador VT doou um prédio ao sindicato em outro momento e coube a ela recebê-lo, respeitemos o fato de que os momentos têem seus porquês. Com relação ao sindicato, poderíamos ter pensado em homenagear jornalistas com o Blanchard e outros ex-presidentes, tão merecedores qto ela; mas neste momento, uma homenagem a Ivonete é, além de justa, oportuna.
    Embora estando afastada do sindicato dos jornalistas, acho que Ivonete, porque sempre militou pela valorização da profissão, merece muito ser lembrada.
    Valeu Niltinho! Quem sabe agora, recordando sua atuação na presidência do Sindicato eu me filio à ACI. As pessoas são lembradas pelo que são, mas seus feitos também devem ser destacados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + 3 =