Ronaldo Ribeiro – para a galeria dos inesquecíveis

Com o título “Ronaldo Ribeiro e o ICC”, eis um artigo do professor, médico e escritor Marcelo Gurgel. Ele faz uma homenagem à memória do oncologista Ronaldo Ribeiro, destacando seu legado. Confira:

A alegre cor rósea, que marca anualmente a chegada do Outubro Rosa, tornou-se empalidecida no Instituto do Câncer do Ceará (ICC), assumindo tons acinzentados, diante do infortúnio produzido pela notícia do súbito fenecimento do professor dr. Ronaldo de Albuquerque Ribeiro, figura solar da medicina no Ceará, com pujantes contribuições na Oncologia e na Farmacologia, ocorrido na noite de 30/9/2015.

A indesejada das gentes ceifou-lhe a vida em Águas de Lindoia (SP), onde ele se encontrava tomando parte do Congresso da Sociedade Brasileira de Farmacologia e Terapêutica Experimental, privando seus conterrâneos da sua imanente e agradável convivência, alcançando-o quando estava no auge de sua maturidade profissional.

Ronaldo Ribeiro ingressou como estagiário, no ICC, em 1978, quando ainda cursava o quarto ano de Medicina.

Após a sua graduação em Medicina pela Universidade Federal do Ceará (UFC), na turma de 1980, prosseguiu com treinamento em Oncologia Clínica no ICC de 1981 a 1983, e, em seguida, cursou especialização em Hematologia e Hemoterapia na UFC, em 1986, qualificando-se, então, como oncologista clínico e vinculando-se diretamente ao Serviço de Oncologia Clínica do ICC, no qual se manteve até o seu desaparecimento terreno.

No ICC, dividia o seu labor no Serviço de Oncologia Clínica do Hospital Haroldo Juaçaba como médico oncologista clínico, prestando assistência a muitos pacientes sob os seus cuidados diretos, e na Escola Cearense de Oncologia (ECO), na qualidade de professor, coordenador de pesquisas e pesquisador, engajando-se nos programas de Iniciação Científica, de Residência Médica e de pós-graduação lato sensu e stricto sensu.

Como coordenador do Centro de Pesquisas Clínicas do ICC, acumulava uma farta bagagem de participação na condução de ensaios clínicos multicêntricos internacionais (fases I, II e III) com novos fármacos antineoplásicos.

Foi peça importante para a instalação da ECO e da maior relevância a sua atuação para a execução do MINTER e DINTER em Oncologia no ICC promovido pelo Hospital A.C. Camargo.

Nascido em Fortaleza em 15/8/1956, partiu de volta ao Pai, aos 59 anos, deixando um legado de realizações, como médico, professor e pesquisador, ele que bem sabia aliar a atividade acadêmica com a prática em serviço.

Descansa em paz, Ronaldo! Que Deus o receba em seus braços acolhedores.

Marcelo Gurgel Carlos da Silva

marcelo.gurgel@icc.org.br

Professor da Escola Cearense de Oncologia (ECO) e médico do Instituto do Câncer do Ceará (ICC).

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete + seis =