Seca: de água e de bolso

flaviosaboya

Da Coluna Vertical, no O POVO desta quinta-feira (26):

“Se vier nova seca em 2016, viveremos uma desgraça!”, afirma o presidente da Federação da Agricultura do Ceará (Faec), Flávio Saboya, torcendo para que as águas da transposição do rio São Francisco cheguem em meados do ano que vem ao Estado e encontrem também o Cinturão das Águas, em construção pelo Governo em Jati (Região do Cariri), em condições de receber toda a carga.

Ele diz, no entanto, que prefere ser otimista e acreditar que essas obras serão concluídas a tempo para o bem da economia cearense e da população. Em paralelo a essa preocupação, o dirigente lembra outra seca resultante dos quatro anos da estiagem: endividamento provocado pelo crédito rural.

Saboya tratou disso nessa quarta-feira (25), em Brasília, com a bancada nordestina. A luta é para postergar os desembolsos.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + 7 =