Secretário das Cidades fará balanço dos 100 primeiros dias de sua gestão

Novidade no ar administrativo do Governo Cid Gomes. O secretário estadual das Cidades, Camilo Santana, fará um balanço dos 100 primeiros dias de seu trabalho á frente dessa pasta, nesta segunda-feira, das 8 às 12h30min. Ele convida a imprensa e lideranças da comunidade para esse evento, que ocorrerá no auditório da Secretaria do Turismo, no prédio da Seplag (Cambeba). A reunião será conduzida por Camilo Santana, tendo ao lado o seu adjunto, o ex-deputado federal Eugênio Rabelo, e o secretário-executivo, Sérgio Barbosa, além dos cinco coordenadores da pasta que farão as explanações.

Entre as principais ações da Secretaria, estão as obras do Projeto Maranguapinho e a entrega de conjuntos habitacionais populares. Em março, a Secretaria entregou casas do residencial Blanchard Girão a 108 famílias que viviam em uma área de risco às margens do rio
Maranguapinho. Também foi feita a mudança de 240 famílias que viviam em área de ocupação para o residencial Leonel Brizola. Ainda na exposição, a construção de 14.977 kits sanitários no Estado e as ações da Cagece.

DETALHE – Camilo Santana tem nome cotado para a Prefeitura de Fortaleza e até para o Governo do estado em 2014.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

3 comentários sobre “Secretário das Cidades fará balanço dos 100 primeiros dias de sua gestão

  1. Esta atitude do Secretário Camilo Santana é muito positiva e uma idéia a ser seguida pelos demais gestores públicos como um gesto de gestão democrática. O tema da urbanização é estratégico e a sociedade precisa encontrar saídas criativas, sustentáveis e inovadoras. É tempo de ousar mais nas soluções. Existem inúmeras saídas já desenvolvidas pelas ONGs que merecem ser observadas pelo Poder Público. Muitas vezes não precisamos inventar a roda.

  2. Bom dia.Estive na palestra, o tema e9 ramleente interessante e atual, mas deve ser mais aprofundado em diversos meios de comunicae7e3o, na sociedade, escolas, f3rge3os pfablicos, enfim, em todo e qualquer lugar que possa chegar ao conhecimento de muitas pessoas.Atenciosamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 2 =