Setor agropecuário cearense caiu no conto do milho

flaviosaboya

O presidente da Federação da Agricultura do Ceará, Flávio Saboya, encontra-se em Brasília. Bate à porta do Ministério da Agricultura e da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para cobrar as 30 mil toneladas de milho prometidas para o Estado. Ele diz que a média de liberações para o Ceará tem sido de 11 mil toneladas.

Flávio Saboya cobra a palavra empenha do governo federal, num quadro onde a seca castigou, a chuva chegou e amenizou e o milho pouco apareceu.

* Pelo visto, caímos o setor agropecuário cearense caiu no conto do milho.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 5 =