Shoppings têm queda de 12,25% no faturamento do Dia das Mães em relação a 2014

Nem as promoções, tampouco as facilidades de pagamento, serviram para evitar uma das piores vendas dos últimos sete anos na data do Dia das Mães. A afirmação é da Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), que conta com mais de 100 mil lojistas em 800 shoppings no país.

Como em uma tragédia anunciada, a segunda época com maior volume de vendas no comércio – só perde para o Natal – o Dia das Mães também não recebeu investimentos dos lojistas. Além da falta do apelo publicitário, somente 4% dos comerciantes reforçaram as vendas com mão de obra temporária, quando a média para o período chega a 15%.

A consequência foi uma queda de 12,25% no gasto com o presente da mamãe, em relação ao ano passado. Isso, sem levar em consideração a inflação. Em 2014, o preço médio do presente foi de R$ 65, enquanto este ano não passou dos R$ 57.

(com agências)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + 14 =