Simpático ao Parlamentarismo, Camilo critica a reforma política

Dizendo-se “simpático ao parlamentarismo”, o governador Camilo Santana (PT) criticou a reforma política que está sendo discutida no Congresso Nacional. “Estamos numa contradição muito grande. Reforma não é isso, reforma é rediscutir se precisamos ter 40 partidos neste País. Se esta estrutura de financiamento funciona. Não há uma reforma sem debate e construído coletivamente”, disse o governador em entrevista na rádio Expresso FM nesta quarta-feira, 16.

Bandeira histórica do PSDB, o parlamentarismo vem sendo objeto de debate nos últimos dias desde que o presidente Michel Temer (PMDB) afirmou que modelo poderia ser implantado já em 2018. Já o presidente interino do PSDB, senador cearense Tasso Jereissati, defende parlamentarismo nas eleições de 2022.

Sobre as eleições do próximo ano, Camilo não quis se pronunciar, afirmando que este é o momento de “focar na gestão”.

(Com Blog de Política)
Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × dois =