Sob pressão popular, Câmara Municipal aprova área de proteção no Cocó

A Câmara Municipal de Fortaleza aprovou, nesta tarde de quarta-feira, pelo placar de 27 votos e quatro contra – com cinco abstenções, o projeto de lei de autoria do vereador João Alfredo (PSol) que transforma o entorno do rio Cocó em Área de Relevante Interesse Ecológico.

A matéria, bem polêmica, chegou a ter dificuldades na Comissão do Meio Ambiente, com parecer atrasado, mas, a partir da pressão de ambientalistas e até abaixo-assinado, acabou tendo prioridade na pauta. Com isso, a área do Cocó situada entre a avenida Padre Antônio Tomás e a avenida Sebastião de Abreu, está livre da especulação imobiliária e de novas devastações.

O vereador João Alfredo qualificou como “vitória da sociedade civil organizada” essa aprovação. Já o secretário municipal do Meio Ambiente e Controle Urbano, Deodato Ramalho, está enviando parabéns à Câmara Municipal pela medida.

“Nós da Semam vamos cuidar agora de fiscalizar essa área”, prometeu o secretário Deodato Ramalho, que, inclusive, o abaixo-assinado em favor do Cocó.

QUEM VOTOU CONTRA

Carlos Mesquita (PMDB) – Sempre conservador.

Magali Marques (PMDB) – Conservadora sempre.

Paulo Gomes – PMDB – Perdeu a chance de mostrar que sua renovação não seria só na idade.

Marcos Teixeira ( PMDB) – Atua em favor de áreas como o setor hoteleiro.

ABSTENÇÕES

Casemiro Neto (DEM) – Segundo seus pares, não fede nem cheira. Também pouco se manifesta na Casa.

Marcelo Mendes (PTC) – Ex-titular da Secretaria do Patrimônio da União, que age contraditoriamente aos princípios básicos de respeito ao meio ambiente.

Vitor Valin (PHS) – Genro de dono de imobiliária. Não poderia ter outra posição.

Doutor Ciro – PTC) – Começou bem posando de oposição à gestão municipal, mas perdeu chance de mostrar que teria discurso avançado.

Gerson Ferraz (PRB) – Pastor evangélico, que deveria, por obrigação, defender a vida em todos os sentidos.

DETALHE – A matéria só passou mesmo porque o movimento ambientalista pressionou os vereaores, lotando as galerias da Câmara Municipal.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

14 comentários sobre “Sob pressão popular, Câmara Municipal aprova área de proteção no Cocó

  1. Vitória suada e sofrida, mas acontecida. O vereador João Alfredo está de parabéns. Esperar coisa boa de vereadores comandados por uma prefeita louca seria demais! Vergonha, Magaly. Os que ficaram no silencio da abstenção, nem se preocupem porque serão lembrados pela covardia no proximo pleito.

  2. Bando de cobras são esses vereadores. Como o povo é bobo e se deixa enganar. Esse tal de Vitor Valim dá nojo. Por isso que a prefeita continua fazendo Fortaleza de gato e sapato.

  3. Valeu, Eliomar! Seu blog foi importantíssimo para mobilizar a sociedade e publicizar essa pauta que favorece muito além do movimento ambientalista. É para toda a cidade. Têm grande responsabilidade a advogada Nayanna de Freitas, a professora Vanda Claudino Sales e todo o mandato do vereador João Alfredo, firme na proposta política apresentada durante a campanha. Vamos em frente!

  4. Vitória do povo de Fortaleza. Quanto aos vereadores que votaram contra ou se abstiveram, bem… eles não sabem o que é povo.

  5. parabéns vereador joão alfredo.

    somente por esse projeto seu mandato já se justificaria, mas sabemos que muitos outros virão.
    sigamos em frente!

    artur

  6. Eliomar, uma das condições importantes para a realização da paz entre os indivíduos de uma determinada sociedade é o grau de satisfação que eles experimentam em contraposição ao grau de frustração, tanto em sua dimensão pessoal como em sua dimensão coletiva, social. Eu sempre falo para meus amigos que uma das boas coisas da vida no Canadá, dentre outras muitas, é o fato de que os indivíduos vivem muito essa experiência de satisfação, quer esta lhes chegue por esforço próprio, quer lhes chegue pelas mãos da sociedade ou do Estado. No Brasil ainda estamos longe dos padrões canadenses (e nao se trata de copiar modelos, pois cada país encontra o seu a partir de suas capacidades endógenas), mas vejo nosso povo mais feliz, justamente porque em suas casas algo mais chegou pelas mãos do Estado para recompensar o esforço de luta pela sobrevivência das famílias pobres brasileiras. Sabemos que isso não basta, que o governo não ousa fazer transformações estruturantes mas, é mais fácil levar o governo a ousar com um povo mais satisfeito e feliz do que com um povo que só experimenta frustrações. Por isso é que eu me perfilo na linha dos que – embora muito incompreendido pelos que se acomodam no consenso – encontram na visão crítica ao governo, mas no reconhecimento de seus avanços, a melhor forma de contribuir para que mais medidas sejam tomadas para elevar o grau de satisfaç~~ao individual e coletiva e, em consequência, reduzir as experiências de frustraçoes do nosso povo. Por isso, como cidadão, quero dizer ao vereador João Alfredo e aos que apoiaram seu projeto que, como fortalezense e habitante da cidade, sinto-me uma pessoa mais feliz, hoje. João Alfredo não só contribuiu para por um freio à especulação gananciosa e criminosa que grupos dominantes fazem na área do Cocó, como, com isso, fez aumentar minha autoestima, sementou meus sentimentos de esperança e resgatou meu grau de confiança nas lideranças políticas que levantam, e levantaram ao longo da história, as bandeiras de defesa da justiça, da liberdade, da igualdade. Creio que, igual a mim, nesta hora, muitos cidadãos e cidadãs da nossa cidade estejam experiemtando esse mesmo sentimento de satisfação. E mais, a aprovação de projetos como esse é a melhor forma de fortalecer, institucionalmente, os poderes republicanos. Parabéns João Alfredo, parabéns Câmara de Vereadores de Fortaleza sabiamente dirigida pelo vereador Salmito Filho. Pedro Albuquerque

  7. Parabéns ao vereador João Alfredo, firme e forte na sua ideologia. Pena que isso não veio antes dos luxuosos prédios dentro do parque. Não sei quem é pior; quem constrói ou quem compra esses apts. Compartilho minha felicidade cidadã com Pedro Albuquerque. Em relação a Carlos Mesquita, Vitor Valim, Teixeira….meu pai do céu..

  8. Estive na Câmara Municipal hoje e pude presenciar a sessão histórica que aconteceu. Realmente existiu uma grande pressão popular. Desde os primeiros momentos que vimos a devastação acontecendo com as máquinas da construtora devastando a vegetação e as dunas que os moradores da área se uniram em prol de movimento “Salve as dunas do Cocó”. Donas de casa, professores, advogados, juizas, estudantes, funcionários públicos, entre tantos outros se uniram em prol desta causa, que é de todos os cearenses: o Parque do Cocó. Depois de uma longa jornada de panfletagens, reuniões, ameaças, pressões, chegou-se ao final da novela com um final feliz. Deve-se ressaltar o trabalho do vereador João Alfredo, da advogada ambientalista Nayanna Freitas e de todos que contribuiram de uma forma ou de outra para a preservação deste tesouro verde, que será enfim preservado. Quanto aos vereadores que se abstiveram/votaram contra, temos só a lamentar. Mas temos muito a festejar com o votos da ampla maioria e dos cidadãos e cidadãs que fizeram valer uma luta histórica. Nem tudo está perdido nesse país. Viva o Parque do Cocó.

  9. ola amigos venho atraves deste pedir ajuda para emcontra meu avô que e de cocos na baia ele se chama manoel lorenço dos santos ; seu pai e francisco polodario minha vo teve um relacionamento com ele e dai naceu minha mae ele na verdade nem sabe da existencia de minha mae minha avo e maria pereira da cruz mae da minha mae logo ele foi em bora de anjical onde ele conheceu minha vo hoje ele deve ter 78 anos se vc puder me ajudar eu ficarei muito grato pois e o sonho de minha mae conhecer o seu pai que deus possa abençoa todos que me ajuda nesta empleitada meu nome e jose segundo minha vo e maria pereira da cruz e minha mae irene pereira segundo meu fone e (61)9601 5507 muito obrigado a todos ….

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 1 =