Subsecretário dos Direitos Humanos da Presidência despacha em Fortaleza

O subsecretário da Secretaria dos Direitos Humanos da Presidência da República, Rogério Sottile, está emm Fortaleza. Aqui, ele fecha parcerias com a secretária municipal dos Direitos Humanos, Glória Diógenes.

Entre essas parcerias, apoio para ações de apoio a criança e adolescente em situação de risco.

Fortaleza é uma das oito Capitais do País que tem uma pasta na área dos Direitos Humanos.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Um comentário sobre “Subsecretário dos Direitos Humanos da Presidência despacha em Fortaleza

  1. Eliomar gostaria que o amigo cedesse seu espaço e abrisse um post, se for possível, acerca de um acidente de transito ocorrido a poucos intantes no cruzamento da Av. Jovita Feitosa com Rua Professor Nogueira. Eliomar uma vítima em estado relativamente grave, com forte dores, uma pancada no abdomem, passou duas horas sem atendimento médico, deitada na calçada da Jovita e diante do desespero dos moradores que para lá correram. Dezenas de pessoas ligavam para o serviço 192 e, para desespero de todos, nao havia qualquer ambulancia disponível. A viatura do Ronda, que prontamente deu cobertura ao local, deslocou-se ao SAMUR da Padre Guerra e mesmo assim sem qualquer resultado. Imagina, caro jornalista, o desespero ao vermos um cidadão fortalezense que tem seu direito ao socorro médico negado. Algumas senhoras choravam ante a perspectiva de óbito, pois a vítima alternava momentos de inconsciencia e fortes dores devido a pancada. Somente duas horas depois, e já com a presença da mídia televisiva, chegaram ao local, ironicamente e como a zombar de nós todos, duas ambulancias do serviço 192. Graças a Deus, pois muitas pessoas resavam no local, que a vítima saiu com vida e rezemos por sua sorte, pois no que dependeu do poder público municipal ele correu sério risco. Fica a constataçao amigo Eliomar que a prefeitura brinca com a vida do cidadão fortalezense. Liguei para o SAMUR, alterei minha voz face a gravidade da situação e a insensivel atendente desligou na minha cara. Ceda esse seu espaço tão concorrido para externarmos nossa indignaçao com o serviço 192 da Prefeitura de Fortaleza. É uma lástima; humilha o cidadão que dele precisa e que o financia com seus impostos e, pior dos mundos, coloca em risco de vida todos que dele necessitam em momentos de urgencia. Fosse algo mais grave, certamente a vítima teria falecido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 4 =