Blog do Eliomar

Arquivo de tags: crianças

Juiz proíbe permanência de crianças e adolescentes em locais públicos após as 23h

Crianças e adolescentes de Cedro, 408 km de Fortaleza, estão proibidas de ficarem em locais públicos depois das 23h sem a companhia dos pais ou responsáveis. A determinação é do juiz Welithon Alves de Mesquita e consta da Portaria nº 04/2012. A medida foi publicada nesta quarta-feira, 13, no Diário da Justiça Eletrônico.

Além de proibidos de ficarem em praças e nas ruas após as 11 horas da noite, os jovens com menos de 18 anos também não poderão entrar desacompanhadas em bailes, shows, boates e estabelecimentos semelhantes. Segundo determinação do juiz, os policiais civis e militares, além do Conselho Tutelar, devem fazer a fiscalização.

Caso alguma criança ou adolescente seja pego na rua após o “toque de recolher”, será recolhido e as autoridades devem enviar à vara da Comarca de Cetro um relatório informando em quais circunstâncias o jovem foi encontrado. Além disso, os pais serão convocados.

Veja matéria completa no Portal O POVO Online

Mexicana que afirmava esperar 9 bebês não está grávida

474 1

Karla Vanesa Pérez Castañeda, uma mexicana de 32 anos que chamou atenção do mundo ao anunciar que estava grávida de nove filhos, admitiu que não esperar nenhum bebê.

A farsa foi descoberta após a secretária de Saúde do estado mexicano de Coahuila, Bertha Castellanos, ficar sensibilizada com a história e determinar a realização de um exame de ultrassom. Karla, que é moradora de Villa de Arteaga, afirmava levar no ventre seis meninas e três meninos. A notícia foi publicada pelo jornal “‘El Universal” e ganhou o mundo. O desmentido veio pela rádio Fórmula, do México.

O parto dos nove bebês já estava marcado para o dia 20 de maio e Karla Vanessa pedia doações para as crianças que iriam nascer em uma casa onde já havia quatro crianças, incluindo trigêmeos. Até o prefeito de Villa de Arteaga, Ernesto Valdés Cepeda, fez campanha para que a população ajudasse a jovem mãe. O prefeito chegou a encaminhar um pedido à câmara municipal e à assembleia estadual de Coahuila para que a grávida possa receber ajuda oficial.

Clique aqui para matéria completa.