Blog do Eliomar

Arquivo de tags: polícia

Polícia prende oito pessoas acusadas de proteger ilegalmente políticos de Orós

28 1

Oito homens foram presos acusados de proteger ilegalmente políticos. A prisão ocorreu no distrito de Lima Campos, na zona rural de Icó, na madrugada desta quarta-feira, 19.

De acordo com o delegado de Icó, Marcos Sandro, na ação, realizada pelo Batalhão de Polícia de Choque de Fortaleza, as pessoas foram presas por porte ilegal de arma, uso de documento falso e exercício ilegal da profissão.

Três dos oito homens se identificaram como policias militares. Sendo que um deles estava com uma carteira falsa e outro estava sub judice, com a carteira com prazo de validade expirado. Apenas um conseguiu provar que era policial.

“A pessoa pode ter um segurança particular, desde que contrate uma pessoa registrada na Polícia Federal”, explicou o delegado. Na ação foram apreendidas duas pistolas calibre 380 e dois revólveres 38, além de três veículos: Corolla, Corsa e Celta.

Segundo o delegado, o grupo estaria saindo de Orós, quando foram presos no distrito. Há investigações para saber se davam “proteção” a políticos de Orós.

(O POVO Online/Atualizado às 17h32min)

Polícia prende 9 assaltantes de banco que se passavam por policiais federais

A Polícia Civil do Ceará prendeu, na tarde desta quinta-feira, 3, nove assaltantes de bancos que se passavam por agentes da Polícia Federal (PF). O grupo foi preso em uma operação realizada, simultaneamente, em Fortaleza, Região Metropolitana e Itapipoca.

As nove pessoas estavam em poder de coletes falsos da Polícia Federal, faróis intermitentes, algemas, um fuzil AK 47, uma pistola .40 e munição. Os assaltantes são suspeitos de formar um grupo envolvido em assaltos recentes a bancos. Os presos estão sendo autuados na Delegacia de Roubos e Furtos (DRF).

A operação da Polícia Civil contou com equipes espalhadas em diversas cidades. Segundo informações da Secretaria de Segurança, a ação foi supervisionada pelo secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Francisco Bezerra.

(O POVO Online)

Polícia registra duas “saidinhas bancárias” no início da tarde em Fortaleza

Dois clientes foram vítimas de “saidinhas bancárias” no início desta quarta-feira, 18, em Fortaleza. Ao todo, as duas pessoas tiveram roubados R$ 6.500. O crime tem como característica a vítima ser seguida e abordada por ladrões após realizarem saques em bancos.

Segundo o Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), os assaltos ocorreram às 14h30 em dois bairros diferentes.

Um cliente foi assaltada na rua Barão de Canindé, esquina com a rua Sobral, no Montese. A vítima havia sacado R$ 2 mil na agência do Bradesco.

A outra vítima, também cliente do Bradesco, foi assaltada na rua São José, no Centro. Foram roubados R$ 4.500.

Com estas duas ocorrências, passam para oito o número de saidinhas em dois dias. Ontem, o número de assaltos a clientes que saíam de agências bancárias em Fortaleza chamou a atenção pela coincidência na abordagem e a sincronia na execução. Entre meio-dia e 15 horas, em diferentes bairros da Capital, as vítimas afirmaram ter sido roubadas por homens armados em uma moto. O prejuízo foi de R$ 30,3 mil. Até o fechamento desta edição, ninguém foi preso.

(O POVO Online)

Quadrilha assalta agência bancária no interior do Ceará

59 1

Assaltantes renderam o vigilante e assaltaram uma agência do Banco do Brasil, dentro do prédio da Prefeitura do município de Choró, localizado a 180 quilômetros de Fortaleza, durante a madrugada desta terça-feira, 13.

Segundo informações da Delegacia da cidade e da Polícia Militar de Quixadá, os assaltantes entraram pelos fundos do local e renderam o vigia, que foi amordaçado e mantido no interior do prédio. Com um maçarico, a quadrilha abriu a lateral do caixa eletrônico e roubou parte do dinheiro que estava nas gavetas.

De acordo com a Polícia, os criminosos fugiram e deixaram as ferramentas do crime no local. O vigilante só foi libertado no começo da manhã, quando a Polícia foi informada do assalto e se dirigiu ao local para verificar o ocorrido.

Ainda não há informação dos suspeitos.

(O POVO Online)