Tarso diz ter dúvidas sobre eficácia de CPI para investigar MST

“Sem querer apontar se foi crime a invasão de uma fazenda em São Paulo por integrantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), o ministro Tarso Genro (Justiça) disse nesta quarta-feira que tem dúvidas sobre a eficácia de uma CPI no Congresso para investigar o movimento.

A oposição promete apresentar até o fim da semana o pedido de criação de uma CPI para investigar repasses do governo para entidades ligadas ao movimento. Segundo o ministro, cabe à Justiça estadual avaliar se houve delitos cometidos por integrantes do MST.

“Eu não sei se vale fazer uma CPI porque esses delitos que estão sendo imputados a pessoas do MST são delitos de ordem pública, de competência de esfera estadual ou delitos contra propriedade que também são de competência da Justiça estadual. Agora, o Congresso vai ter sabedoria para saber se instala ou não a CPI […] Se há ou não oportunidade política para CPI é um debate interno do Congresso que não diz respeito a uma maior efetividade do combate as ilegalidades”, afirmou.

O ministro evitou dizer se houve crime na destruição de parte do laranjal da fazenda Santo Henrique, na divisa dos municípios de Iaras e Lençóis Paulista, em São Paulo, na semana passada.”

(Folha Online)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez − oito =