Taxistas do Ceará reforçam luta em Brasília pela aprovação de projeto que barra o aplicativo Uber

taxistasss

A ordem é pressionar pela aprovação do PL 5587/2016.

Uma comissão de taxistas do Ceará embarcou, nesta madrugada de terça-feira para Brasília. O objetivo, segundo o presidente do Sinditaxi/Ceará, Vicente de Paulo Oliveira, é pressionar, junto com outros grupos de todo o País, pela aprovação do projeto de lei  5587, que garante aplicativos para taxistas legalizados.

“Esse projeto está previsto para ser votado nesta semana. O que queremos é garantir empregos de quem é taxista e paga seus impostos”,  disse, antes do embarque, Vicente de Paulo. Ele afirmou estar otimista de que o projeto tenha aprovação.

No grupo cearense, seguiram lideranças dos taxistas de alguns municípios. Indagado se a luta é contra aplicativos como o Uber, o presidente do Sinditáxi reiterou: ” A luta é a favor do emprego de quem paga imposto e não feito clandestino”.

(Foto – Paulo MOska)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

4 comentários sobre “Taxistas do Ceará reforçam luta em Brasília pela aprovação de projeto que barra o aplicativo Uber

  1. Gostaria de perguntar ao presidente dos taxistas, que ao invés de sair de fortaleza para lutar contra a clandestinade, ele não procura pressionar a prefeitura para diminuir os impostos e dar mais conforto ao cliente e punir severamente aqueles taxistas que fazem corridas com valor fechado e punir donos de vagas que vem sem nenhuma preocupação é até mesmo aqueles que tem muitas vagas e alugam.

  2. Veria era acabar com a máfia de comprar e venda de vaga no sindicato e a prefeitura fazer uma vistoria nas vagas pois a vaga é concedida para trabalhar não para fazer negócios, a ultima licitação licitação que foi favorecido aos mais velhos 80% já venderam a vaga ou o carro a única diferença é que não pode ser transferido para outro nome a vaga

  3. Não sei qm é o repórter, mas o projeto não barra a Uber ,seria bom um pouco mais de análise antes de falar q o projeto barra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − 7 =