TCM digitaliza processos

O plenário do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) decidiu, nesta quinta-feira, aprovar resolução estabelecendo a digitalização de todos os processos transitados em julgado – aqueles que tiverem decisão em caráter definitivo. As cópias digitais ficarão no tribunal e todo o papelório será devolvido aos seus donos reais, no caso os municípios – Prefeituras e Câmaras.

“Estamos aprofundando a modernização de nossas atividades, iniciada na gestão do Conselheiro Ernesto Saboia, com o uso da tecnologia”, disse o presidente da Corte e autor da proposta, Manoel Veras.

Ele acrescentou que a iniciativa, além de gerar economia de custo – o órgão já chegou a ter vários prédios alugados só para esses documentos, dará solução definitiva à questão dos arquivos, pois o TCM não tem como continuar com a aguarda do acervo físico dos cerca de sete a oito mil processos que julga anualmente.

A decisão também irá facilitar as consultas que precisarem ser feitas por autoridades de outras instâncias, e pelo público, via internet.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 2 =