Temer alega que tentou evitar futuros encontros com donos da JBS

Michel Temer vem quebrando a cabeça para construir versões para o assombroso diálogo que teve com Joesley Batista, devidamente gravado pelo delator.

Num dos trechos mais bombásticos, o presidente da República dá o aval para Joesley tratar de “tudo” com seu homem de confiança, o deputado Rodrigo Rocha Loures, filmado pela Polícia Federal dias depois recebendo uma mala de dinheiro.

Internamente, Temer vem argumentando que autorizou o interlocutor a iniciar tratativas com Rocha Loures justamente para não ter de se reunir novamente com ele.

Agora, para entregar à opinião pública uma explicação sobre o pagamento de 500 000 reais ao seu homem de confiança, o peemedebista nem precisa ser tão criativo, basta aderir à cartilha de Lula e dizer que não sabia de nada.

(Coluna Radar, da Veja Online)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − cinco =