TRIBUNAL DE JUSTIÇA MANDA UNIMED FORTALEZA IMPLANTAR PRÓTESE IMPORTADA EM APOSENTADA

“Por unanimidade de votos, a 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Ceará manteve a sentença que condenou a Unimed de Fortaleza a realizar cirurgia reparadora para implantar prótese importada no joelho da aposentada Terezinha Angélica da Silva, 67 anos, residente no Parque Potira, no bairro Jurema. A determinação foi proferida na última quarta-feira, 27. A relatora do processo, desembargadora Maria Celeste Thomaz de Aragão, justificou sua decisão alegando que “a dignidade da pessoa humana integra a essência dos direitos fundamentais assegurados pela Constituição de 1988, e a efetivação desses direitos devem consistir no objetivo maior de toda e qualquer prestação jurisdicional”, entendimento este acompanhado pelos demais desembargadores. Consta nos autos que, no início de 2004, a paciente submeteu-se a uma cirurgia de artrose crônica no joelho e teve que implantar uma prótese para manter as funções normais de locomoção. A prótese, no entanto, apresentou mal funcionamento, pois alguns de seus componentes desprenderam-se da peça principal, causando-lhe dores agudas, inflamações locais e imobilização do membro inferior.”

Leia mais aqui

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Um comentário sobre “TRIBUNAL DE JUSTIÇA MANDA UNIMED FORTALEZA IMPLANTAR PRÓTESE IMPORTADA EM APOSENTADA

  1. Sou cliente da Unimed e fico indignada com esse tipo de absurdo. Pra obter um material bom e sério, tem-se que brigar na Justiça. Que plano mais terrível!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + 19 =