União já expulsou 2,2 mil servidores

“A expulsão de mais de 2,2 mil servidores públicos pela prática de irregularidades, principalmente corrupção; a exibição, para o controle social, de informações sobre R$ 5,9 trilhões de recursos do orçamento federal no Portal da Transparência; e o Cadastro de Empresas Inidôneas e Suspensas exibindo 1.310 nomes de empresas punidas e impedidas de contratar com o poder público.

Essas são apenas algumas das ações desenvolvidas nos últimos sete anos pela Controladoria-Geral da União na prevenção e combate à corrupção. As iniciativas foram detalhadas pelo ministro-chefe da CGU, Jorge Hage, em palestra proferida hoje (sexta-feira), no XIV Congresso do Centro Latino-Americano de Administração para o Desenvolvimento, que se realiza no Hotel Pestana. Os servidores expulsos do serviço público chegam a exatos 2.276.

Na área do fomento ao controle social, o ministro destacou o programa da CGU Olho Vivo no Dinheiro Público, que vem realizando por todo o país cursos presenciais e a distância sobre como fiscalizar a gestão de recursos públicos. O programa já distribuiu 1,6 milhões de cartilhas em todo o país.”

(Site da CGU)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + 13 =