Vereador cearense é preso em Pernambuco

“Um vereador cearense foi preso em Pernambuco nesta quinta-feira, 19. De acordo com informações do portal Diário de Pernambuco, o suspeito  – identidade não revelada – foi encontrado no bairro Barra de Jangada, no município de Jaboatão dos Guararapes.

O política estaria envolvido em assassinatos e assaltos a bancos. Os crimes teriam ocorrido na região Nordeste e no estado do Rio de Janeiro.

Na casa do ex-vereador foram encontrados aparelhos que são utilizados para roubar senhas informações de clientes em terminais de autoatendimento, popularmente chamados de “chupa-cabra”, além de cartões de crédito e uma pistola. Outros quatro suspeitos de integrar a quadrilha foram detidos.”

(POVO Online e Diário de Pernambuco)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Um comentário sobre “Vereador cearense é preso em Pernambuco

  1. Vejam só a que ponto chegou nossa representação política. De um lado um ex-vereador envolvido na seara de crimes de toda espécie. De outro gestores públicos, a cada dia sendo afastados dos seu cargos por desvios de recursos públicos. No município de Cedro, por exemplo, o Ministério Público, 07 (sete) promotores de Justiça da região ajuizaram, conjuntamente, uma Ação Civil Pública de responsabilidade por Ato de Improbidade Adm,inistrativa contra o prefeito João Viana de Araújo, o cice-prefeito e dois secretários requerendo, inclusive, o afastamento do cargo e/ou função pública dos promovidos, tendo em vista AS PATENTES IRREGULARIDADES na contratação de empresa para realização do evento Chitão de Cedro em 2011. Restou apurado na investigação a existência de fraude no processo licitatório para possibilitar a apropriação indevida do dinheiro público, eis que parte do dinheiro destinado ao pagamento das atrações artísticas foi desviada para uma conta bancária do prefeito do Cedro, da primeira dama, bem como de outros partícipes. A abão visa, ainda, buscar o ressarcimento integral do dano patrimonial causado ao erário municipal no total de 167.000,00, e a suspensão dos direitos políticis pelo período de oito a dez anos dos envolvidos. E nós, aonde vamos? Fala Justiça!
    Fonte: Ascom do MPE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze + 11 =