Você acredita que uma canetada ou um grito pode mudar o mundo?

Com o título “O X da questão”, eis artigo do geógrafo Paulo Porto. Ele aborda, de forma direta, como gestores complicam a execução de projetos políticos ou econômicos por não terem o mínimo: preparo. Confira:

Alguns filósofos pós-modernos colocam como uma das principais características da modernidade a proximidade, cada vez maior, entre as ações e suas consequências.

Diante desse cenário, não fica difícil imaginar que o despreparo ou as manipulações no campo político ou econômico já não duram um mandato ou uma gestão. O alto índice de mortalidade das empresas e a efemeridade do poder político nos confirmam a tese.

Ainda há quem acredite que uma canetada ou um grito pode mudar o mundo.

Postergação em decisões políticas, econômicas ou empresariais passaram a ser mortais.

O pequeno exemplo do adiamento do ajuste do preço dos combustíveis – para segurar a inflação – deixou irrecuperáveis prejuízos à nossa gloriosa Petrobras, aos seus fornecedores e aos seus incrédulos acionistas. Sua capacidade de investir e gerar excedentes chegou à profundidade do pré-sal.
Quem se nega a enxergar a realidade contrata consultores especialistas em provar que a soma de dois mais dois pode não ser quatro.
Muitos acreditam e ainda convencem os desinformados. As empresas X e seu genial criador mostraram que não há limite para o poder de manipulação com os ignorantes e ambiciosos.

Infelizmente, ainda não inventaram outra roda.

Pessoas físicas, jurídicas, municípios, estados e União que gastam o que não têm, ou gastam mal, não esperarão o inferno para pagar a conta. Pagarão aqui na Terra com insolvência e ostracismo. Deixarão para seus seguidores inflação, fome e desemprego.

Para superarmos as crises de forma sustentável, deveremos descartar os marqueteiros e os mágicos que são especialistas em manipulação e ouvir mais o professor de matemática, o de história e a simplicidade das boas técnicas.

* Paulo Porto Lima

pauloportolima@me.com

Geógrafo.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + seis =