Waldonys lamenta que há grupos divulgando mais bundas do que forró

Waldonys e um papo em alto astral.

Nesta quarta-feira, o cantor e sanfoneiro Waldonys foi a grande atração na redação do O POVO. Ele esteve na sede do jornal dando entrevista para o projeto Debates Especiais – Grandes Nomes, veiculado na rádio O POVO/CBN, sob a mediação do jornalista Plínio Bortolotti.

Estivemos ali como entrevistador, ao lado dos companheiros Pedro Rocha, Selma Vidal e Geimison Maia.

Waldonys mostrou várias de suas facetas. Do sanfoneiro animado e que difunde o forró de “Mestre Lula Gonzaga”, pois seu afilhado, a piloto de aeronave, paraquedista e exímio contador de causos.

Ele não poupou algumas críticas às bandas do tal forró de plástico, como definiu o cantor Chico César, atual secretário de Cultura da Paraíba. Na sua avaliação, há grupos bons, mas a maioria parece adotar a postura de divulgar “mais bundas”do que o forró.

(Foto – Paulo MOska)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

10 comentários sobre “Waldonys lamenta que há grupos divulgando mais bundas do que forró

  1. Até que enfim,apareceu alguém para compartilhar do meu humilde pensamento.Não existem mais bandas de forró.Existem “bundas” de forró.

  2. De acordo com a opinião do Waldonys.
    Tive o prazer de entrevistá-lo ano passado. Pessoa humilde e simpática.
    Lembro que à época ele chegou a comentar que não faz como certas bandas que pagam para tocar em programas de TV local.
    Ou seja, é um forró tão ruim que é necessário pagar pra tocar e tentar empurrar goela abaixo.

  3. Waldonys sim, esse toca e canta o autêntico forró e não essa porcarias que se denominam “banda(u)s de forró que na verdade tocam um verdadeiro lixo eletrônico, com letras de duplo sentido, conteúdo duvidoso e amoral, resultando numa grande ” fossa ” musical.
    Parabéns, Waldonys, por não ter se deixado contaminar por essas porcarias eletrônicas que teimam em querer dizer que tocam forró. Siga firme como o velho “Lua” lhe ensinou.

  4. Caro Eliomar

    E aí ? Já comprou o seu ingresso para o “Siará Hall”, no evento que chama-se “Destaques do Forró(?)bodó” – ou algo parecido, com chamadas frequentes na TV Diário? Tinha que ser ela.
    Aliás, o “Siará Hall” já foi mais seletivo, a crise deve estar medonha …
    Por mais que arrecadem alimentos para instituições de caridade nesse tal evento, certamente lá vão estar presentes toda essa lixarada jabalizada, que “toca” uma sub-sub-sub-sub-sub-“música” e vem matando a verdadeira música Nordestina, ao chamar de forró esse novo, pobre, fraquíssimo e pavoroso ritmo.
    O Waldonys que me desculpe, mas falar que “há grupos bons”, só posso creditar à sua educação, pois tudo ali é lixo puro – não escapa um.
    Aliás, chamaram o Waldonys para participar dessa lixarada lá no “Siará Hall” – vá não, Waldonys ! Você é “farinha de outro saco”.
    “SE É BANDA, NÃO É FORRÓ” !!!!!!!

  5. Caro Eliomar

    Estou voltando para perguntar a você: assistiu o último “Programa Ênio Carlos”, em plena tarde de Domingo, mostrando um “budólogo” (sic), analisando essa “parte traseira” de vários homens e mulheres ?
    Palavras chulas como “boga”, “puto”, dentre outras pérolas, eram ditas a três por quatro pelo citado “especialista” – com o aval e risadas do “apresentador” do “Programa”.
    Meus Deus ! Ninguém é inocente e puro, mas assim como faz o seu colega de estação, o Sr. João Inácio – que especializou-se em aberrações sexuais e imoralidades, o Sr. Ênio Carlos aderiu à baixaria também: seu “Programa”, assim com o do Sr. João Inácio, é anticristão, cheio de baixarias e imoralidades, além de altamente deseducador – desvirtuando o caminho da nossa juventude.
    Ambos se superam a cada semana. Quem são os “roteiristas” dessas porcarias ? Se entregassem esta tarefa para o Demo, este não faria pior.
    Como a direção da TV Diário permite tantas baixarias e imoralidades, ainda mais naqueles horários ?
    Com a palavra, o Sr. Abdoral, Da. Abdoralina e sua distinta família …

  6. O Waldonys tem razão! Porém, ele não canta nada de novo, apenas regrava. Ele tem tudo para contribuir para a volta do verdadeiro forró! Espero que isso aconteça!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 1 =